icons.title signature.placeholder Amélia Sabino e Leo Burlá
02/12/2013
17:54

O diretor da Geo Eventos, Luiz Gleiser, rebateu nesta segunda-feira as acusações de racismo à Fifa, por causa da escolha do casal Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert como apresentadores do Sorteio Final da Copa do Mundo. A notícia de que os atores Lázaros Ramos e Camila Pitanga supostamente foram vetados pela entidade foi o estopim para a polêmica. A Geo Eventos é a organizadora do evento.

- Olha esse elenco e vê se alguém pode ser acusado de racismo? Várias opções foram dadas: Gisele Bündchen, Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, Márcio Garcia, várias pessoas. Rodrigo e Fernanda se saíram muito bem na apresentação da logo da Copa, além de ser uma simpatia de ter um casal tão querido como eles são. São tempos de exasperação por hipérbole. Isso é bobagem, desculpe - afirmou Gleiser.

A Fifa já havia negado o caso anteriormente. Alcione, Margareth Menezes, Emicida, Olodum, Vanessa da Mata, Alexandre Pires e a Companhia de Dança Débora Colker serão as atrações durante o sorteio. Como assistentes, oito ex-jogadores foram convidados para participarem, representando os países campeões do mundo. Pelé, que confirmou presença na semana passada, não será assistente.

- Pelé vai ser o momento surpresa. Como assistentes, procuramos convidar jogadores que fossem embaixadores naturais do futebol em seus países - disse o Chefe do departamento FIFA Films, David Ausseil.

Para o Sorteio, a Fifa aguarda 1300 convidados e dois mil profissionais de imprensa. O evento será transmitido para 193 países, como estimativa de 500 milhões de espectadores.