icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2014
07:03

Ainda dá! A situação do Botafogo é realmente complicada e as chances de rebaixamento não param de aumentar. No entanto, há esperança. O Glorioso é o 18º, com apenas 33 pontos, mas tem quatro jogos pela frente. Para dar mais ânimo, a diretoria reduziu o preço dos ingressos da partida contra o Figueirense, nesta quarta-feira, em São Januário. Os bilhetes mais baratos custam R$ 5, a meia-entrada.

O volante Marcelo Mattos destacou a importância da presença da torcida no decisivo duelo de amanhã, contra os catarinenses.

– Estamos num momento muito difícil e dependemos muito do torcedor. Nós estamos fazendo o máximo e tentando tirar o Botafogo desta situação, quem sabe para no ano que vem começarmos uma nova história. O Botafogo não merece estar na zona de rebaixamento. Pedimos para que eles (torcedores) nos apoiem porque temos garotos que precisam. Esta garotada pode dar uma alegria muito grande para a torcida – disse o camisa 5.

Assim como o técnico Vagner Mancini e os demais jogadores, Mattos se recusa a jogar a toalha.

– Não podemos parar. Enquanto tivermos chances, vamos lutar – comentou o volante.

Porém, mais do que ter motivos para acreditar na fuga da degola e torcer contra os rivais diretos, o Botafogo tem que vencer. Nesta quarta-feira, somente a vitória interessa para seguir sonhando permanecer na Série A do Brasileirão. Para Mattos, sair na frente no placar é dar um grande passo para isso.

– Se fizéssemos o primeiro gol contra o Fluminense, dificilmente eles iriam ganhar o jogo. Temos que fazer isso contra o Figueirense. Vai ser uma final para nós e para eles também – finalizou.