icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
28/11/2014
21:08

Para diminuir o risco de problemas, o Ministério Público e a Polícia Militar recomendaram à CBF duas mudanças na tabela da última rodada do Campeonato Brasileiro: a transferência do jogo do Corinthians, contra Criciúma, para sábado, e que Palmeiras e Atlético-PR se enfrentem, domingo, no Pacaembu. Uma decisão será tomada em reunião na próxima segunda-feira.

O pedido de mudança do Timão se dá pelo fato de a PM não aprovar dois jogos de dois grandes times no mesmo dia em São Paulo (SP), pelo aumento do risco de confrontos entre torcedores. Quanto ao Verdão, brigando para não cair, as autoridades temem que o Allianz Parque possa ter seu campo facilmente invadido, diferentemente do Pacaembu, que possui o alambrado para separar torcida e time.

- A Polícia Militar foi consultada e meu posicionamento é que, caso o Palmeiras perca para o Internacional (neste sábado) e realmente tenha grande chance de rebaixamento, a melhor opção seria fazer o jogo no Pacaembu. No Allianz Parque uma invasão da torcida é muito fácil e para controlar isto é complicado, teria que usar da energia lá dentro. Pode virar uma praça de guerra tanto interna quanto externamente. Mas quem determina isto é a Federação - avisou o tenente-coronel do 2º Batalhão de Choque, José Balestiero Filho.

Coronel Marcos Marinho, chefe do departamento de segurança da FPF, disse ao LANCE!Net que até o fim do expediente desta sexta-feira não havia recebido nenhum pedido do Ministério Público. Ele alertou que as datas da última rodada serão alteradas ou não apenas depois dos jogos deste fim de semana.

A CBF coloca os jogos da última rodada no mesmo dia e horário por haver muitos confrontos com interesses por briga como Libertadores e rebaixamento. Caso considere que uma partida não gera interesse nestas disputas, pode fazer a mudança. No domingo, o Corinthians visita o Fluminense e precisa de apenas um empate para se garantir na Libertadores. O Criciúma, seu rival na última rodada, já está rebaixado.

O Palmeiras, por sua vez, precisa vencer o Inter neste sábado e torcer para o Vitória não bater o Flamengo, no mesmo dia, que assim se livra da queda com uma rodada de antecedência.