icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
09:01

A queda do guindaste usado para a colocação da cobertura da Arena Corinthians e as mortes de dois operários envolvidos nas obras foram mais alguns capítulos de um ano marcado negativamente para o atual campeão mundial. De volta do Japão, o clube viveu momentos de turbulência fora e também dentro de campo, já que termina o Brasileirão de forma melancólica, sem pretensões e se despedindo do técnico Tite. Após três anos no Timão, o treinador foi avisado que não ficará em 2014 para ser substituído por Mano Menezes.

- Tem coisas ruins, tem coisas boas. Foram dois títulos, mas algumas coisas ruins realmente ocorreram durante o ano. Espero que 2014 seja diferente. Não é de se lamentar o todo, porque tem coisas positivas também, principalmente aprendizados. A gente tem que levar isso para a vida, o clube também. A vida é assim, de altos e baixos, momentos difíceis e momentos bons - refletiu o zagueiro Paulo André após o treino de ontem, no CT Joaquim Grava.

Relembre as principais turbulências de 2013 no Corinthians:

Tragédia de Oruro - 20/2/13

Durante partida entre San Jose e Corinthians, no estádio Jesús Bermúdez, em Oruro (Bolívia), um sinalizador naval foi atirado no setor onde estavam os torcedores do clube boliviano e acertou o olho do garoto Kevin Beltran Espada, de 14 anos. Segundo os médicos que fizeram o atendimento, a morte foi imediata. Após a partida, o técnico Tite cancelou a entrevista coletiva por estar comovido e 12 torcedores do Corinthians ficaram detidos durante seis meses. O Corinthians precisou jogar uma partida da Libertadores daquele ano com portões fechados para a torcida.

Eliminação da Libertadores - 16/5/13

Prejudicado pela arbitragem de Carlos Amarilla, o Corinthians foi eliminado pelo Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores, perdendo a chance de sonhar com o bicampeonato. Até jornais argentinos reconheceram a atuação do árbitro, que deixou passar uma mão na bola de Leandro Martin em ataque do Corinthians e anulou um gol legal de Romarinho. Contra o Corinthians também houve um gol anulado de Paulinho e um suposto pênalti em Emerson Sheik. Após derrota por 1 a 0 na Bombonera, Timão só empatou por 1 a 1 no Pacaembu.

Selinho de Sheik - 19/8/13

Após vitória sobre o Coritiba pelo Brasileirão, Emerson Sheik comemorou publicando em sua conta no Instagram uma foto sua dando um selinho em um amigo empresário. "Sem medo do preconceito", atacante foi alvo de protestos da torcida, que até hoje não digeriu bem o gesto polêmico.

Pênalti de Pato e queda na Copa do Brasil - 24/10/13

Após dois empates por 0 a 0, no Pacaembu e na Arena Grêmio, decisão das quartas de final da Copa do Brasil foi para os pênaltis. O Grêmio venceu por 3 a 2, mas o último pênalti perdido pelo Corinthians não sai até hoje da memória do torcedor. De cavadinha, Pato deu chute fraco, indolente, e viu Dida fazer defesa simples. Assim como Sheik, o jogador contratado em janeiro por R$ 40 milhões é alvo da torcida até hoje.

Anúncio da saída de Tite - 15/11/13

Campeão paulista, brasileiro, continental e mundial pelo Corinthians, Tite foi avisado no último dia 15 que não será o técnico em 2014, encerrando uma passagem que se iniciou em outubro de 2010. Querido pelos jogadores, o treinador tem se emocionado a cada entrevista em que precisa falar sobre a despedida. Neste sábado, às 21h, Tite faz seu último jogo no Pacaembu como técnico do Corinthians e, no próximo dia 8, se despede em definitivo do cargo.

Tragédia da Arena Corinthians - 27/11/13

Nesta quarta-feira, um guindaste que colocava a última peça da cobertura da Arena Corinthians foi ao chão, fazendo duas vítimas fatais. O estádio do Corinthians tinha 94% de conclusão naquela oportunidade, mas ficará mais dois meses sendo consertado. A Fifa ainda não se pronunciou sobre o estádio, que será palco da abertura da Copa do Mundo de 2014 e sede paulista do torneio.