icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
06/07/2013
16:06

As negociações entre o Flamengo e o zagueiro Leandro Castán avançaram, mas valores pedidos pela Roma (ITA) para liberar o jogador dificultam o acerto. Segundo o LANCE!Net apurou, entre o Rubro-Negro e o Castán já estaria, inclusive, tudo alinhavado, mas as conversas com o clube italiano não têm chegado a um denominador comum.

O grande problema é que a Roma, que adquiriu Castán por cerca de cerca de R$ 13,7 milhões no ano passado, aceita negociar a saída do jogador, mas aponta valores, atualmente, fora da realidade dos cofres rubro-negros.

O interesse do Flamengo no zagueiro foi revelado na última semana. Apesar de saber que não seria uma negociação fácil, o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, afirmou que acompanha a situação do atleta.

Leandro Castán faz parte da lista de reforços pedida por Mano Menezes. Eles trabalharam juntos no Corinthians entre 2010 e 2011. O jogador deixou o Timão em julho do ano passado, após a conquista da Libertadores e ainda tem mais três anos de vínculo.

A zaga é uma preocupação da diretoria desde o início do ano. Após o fim do Campeonato Carioca, o clube chegou a acertar com Roger Carvalho, que estava no Bologna (ITA), por indicação de Jorginho. Porém, uma lesão na coxa direita no fim de maio o faria estar apto a jogar apenas em agosto, o que motivou o Flamengo a desistir do negócio.

Atualmente, para o setor, Mano Menezes conta com Wallace, González, Renato Santos, Samir e Frauches. Alex Silva ainda é do Flamengo, mas está afastado desde abril, treinando separadamente, e pode ser emprestado.

As negociações entre o Flamengo e o zagueiro Leandro Castán avançaram, mas valores pedidos pela Roma (ITA) para liberar o jogador dificultam o acerto. Segundo o LANCE!Net apurou, entre o Rubro-Negro e o Castán já estaria, inclusive, tudo alinhavado, mas as conversas com o clube italiano não têm chegado a um denominador comum.

O grande problema é que a Roma, que adquiriu Castán por cerca de cerca de R$ 13,7 milhões no ano passado, aceita negociar a saída do jogador, mas aponta valores, atualmente, fora da realidade dos cofres rubro-negros.

O interesse do Flamengo no zagueiro foi revelado na última semana. Apesar de saber que não seria uma negociação fácil, o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, afirmou que acompanha a situação do atleta.

Leandro Castán faz parte da lista de reforços pedida por Mano Menezes. Eles trabalharam juntos no Corinthians entre 2010 e 2011. O jogador deixou o Timão em julho do ano passado, após a conquista da Libertadores e ainda tem mais três anos de vínculo.

A zaga é uma preocupação da diretoria desde o início do ano. Após o fim do Campeonato Carioca, o clube chegou a acertar com Roger Carvalho, que estava no Bologna (ITA), por indicação de Jorginho. Porém, uma lesão na coxa direita no fim de maio o faria estar apto a jogar apenas em agosto, o que motivou o Flamengo a desistir do negócio.

Atualmente, para o setor, Mano Menezes conta com Wallace, González, Renato Santos, Samir e Frauches. Alex Silva ainda é do Flamengo, mas está afastado desde abril, treinando separadamente, e pode ser emprestado.