icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
15/02/2015
13:46

Após renovar com Fred, a diretoria do Fluminense conseguiu outro acordo importante: Jean ficará no clube até o término de seu contrato com o Tricolor, que vai até o fim de 2017. O volante era um dos atletas que recebia parte do salário da Unimed, ex-parceira, e está com os direitos de imagem atrasados desde novembro, o que causava temor sobre uma possível saída. O clube, por sua vez, acertou um aumento de salário com o jogador e garantiu a permanência dele.

Assim, o Fluminense segue dando exemplos de que consegue sobreviver sem a Unimed, já que além de Fred e Jean, acertou anteriormente a permanência do goleiro Diego Cavalieri e do zagueiro Gum. A diretoria de futebol, comandada pelo vice Mário Bittencourt e pelo diretor executivo Fernando Simone, é quem está tocando essas negociações. O que tranquiliza os jogadores é que o Tricolor apresentou garantias de que tem condições de bancar o salário sem o auxílio da ex-patrocinadora. E o anúncio de novos parceiros, Viton 44 e a Frescatto, ajudou nisso.

A situação do meia Wágner, porém, segue sem uma definição. O jogador, que ainda tem um ano de contrato com o Fluminense e também recebia grande parte dos salários da Unimed, desperta o interesse do Cruzeiro. O atual camisa 10 tricolor mantém a calma e avalia a proposta de renovação do Flu e os termos contratuais oferecidos pela Raposa, que teria ofertado um salário no mesmo valor, mas diretos de imagem mais elevados.

Mineiro e identificado com o Cruzeiro, Wágner teria balançado com a sondagem. Segundo apurou o LANCE!Net, no entanto, o jogador estaria apalavrado com a diretoria tricolor e a tendência é que continue no Fluminense.