icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
14:26

Mesmo com a decisão do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) de reduzir o preço dos ingressos para a final da Copa do Brasil, cerca de 40 torcedores do Flamengo realizaram um protesto, na Gávea. A manifestação contra o preço abusivo dos ingressos foi marcada via Facebook, e tinha quase cinco mil pessoas confirmadas no evento.

Inicialmente programada para às 13h, a movimentação só começou por volta das 14h, com manifestações pacíficas de dez torcedores. Pouco depois, cerca de 18 integrantes de torcidas organizadas chegaram ao local e conversaram com dois seguranças do clube. Faixas com os dizeres "Respeitem a Nação! R$ 250 não!", "Flamengo é do povão! R$ 250 não é ajuda, é covardia!" e "Diretoria de mercenários! Abaixo a elitização, viva o povão rubro-negro!" foram penduradas em frente a sede do clube. Alguns torcedores utilizam nariz de palhaço e mostram notas de dinheiro como forma de protesto.

Com a decisão do promotor Paulo José Sally, o valor inteiro das entradas para o segundo jogo da final da Copa do Brasil variam entre R$ 120 e R$ 320 (antes as inteiras variavam entre R$ 250 e R$ 800).