icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/03/2014
18:43

O técnico Abel Braga adotou um discurso humilde após a vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, na Arena, na tarde deste domingo. O comandante colorado afirmou que errou no primeiro tempo, quando o Tricolor foi superior e saiu ganhando por 1 a 0 e pediu desculpas ao elenco por isso. Além disso, disse que seu time teve humildade para marcar o adversário, ao qual elogiou.

- Sei que enfrentamos um grande adversário, que talvez no ano não tenha equipe brasileira que tenha atuações como fez o Grêmio contra o Newell's. Errei no primeiro tempo, quis dar liberdade ao Ramiro e ao Edinho, pedi desculpas, alvez o culpado tenha sido eu. Feliz que tive sorte de consertar. Um Gre-Nal muito bem jogado. Foi perfeito, talvez não tão perfeito do que contra o newell's. é um jogo de 180 minutos, não tem nada ganho - minimizou Abel Braga.

Ao retorno do vestiário, Abelão promoveu as entradas de Ernando e Alan Patrick. Principalmente este modificou o jogo. O posicionamento retornou também diferente. E o Inter cresceu muito, chegando aos dois gols e obrigando Marcelo Grohe a fazer duas defesas difíceis.

- Tivemos 61% de posse de bola no primeiro tempo, tem que se ressaltar. E tivemos muita perda de bola por dentro, não rodamos de um lado para o outro, que é o forte. Tivemos chance de empatar e no segundo tempo teve mais encaixe, a equipe foi segura. Foi a vitória da humildade. Conquistada com pequenas vitórias, no dia a dia, com relação, com sofrimento, na derrota e na vitória. Viemos jogar com muita humildade - avaliou Abelão.