icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
10:07

Apesar de afirmar que o elenco está fechado, o Internacional admitiu publicamente que estava monitorando a situação do meia Fred, no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, que se reapresentou com atraso ao clube ucraniano. O técnico Abel Braga diz que o jogador "já esteve mais próximo", mas rasga elogios ao jovem meio-campista.

Fred não retornou ao país depois de um amistoso com o Shakhtar na França, junto com outros quatro brasileiros - Alex Teixeira, Dentinho, Ismaily e Douglas Costa - e um argentino - Facundo Ferreyra, que esteve na mira do Palmeiras. No entanto, isso aconteceu nesta quinta-feira. Por isso, o técnico acaba estando pessimista para fechar a contratação do jovem.

- Acho que já esteve mais próximo, agora ele voltou para lá. Não precisamos do Fred. Todos os clubes querem. Tem jogadores que você não precisa. Se tem muita qualidade, qualquer um quer. Seria muito bem-vindo - disse Abelão.

Por conta de seu passado relacionado com o Inter, o jogador também poderia retornar enquanto a situação na Ucrânia seguisse tensa. Por conta do clima bélico na fronteira com a Rússia, o Shakhtar vai se basear em Kiev e jogar em Lviv. Fred também é visto por Abel como um jogador que saiu do país antes de se formar.

- Foi um dos que eu citei quando se falou de Copa. Citei nominalmente, saiu sem estar formado ainda. Aí chega em um país com futebol totalmente diferente. Vai adquirir culturalmente algo que poucos conseguem: trabalhar com uma guerra em andamento. Claro que se amanhã houver a possibilidade de voltar, eu creio que ele próprio dá prioridade ao Inter e gostaríamos que se fosse dessa maneira. Mas já escutei falar mais de Fred - comentou o treinador.

Segundo informações do jornal Zero Hora, nesta sexta, o jogadr está próximo do Inter. No entanto, os dirigentes colorados negam que a contratação vá acontecer.