icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
18/07/2013
20:11

O técnico Abel Braga comentou nesta quinta-feira as polêmicas envolvendo as diretorias de Fluminense e Vasco em relação ao jogo do próximo domingo, às 18h30, no Maracanã. O Cruz-maltino pleiteava o direito histórico de sua torcida entrar no estádio pelo acesso próximo à UERJ, situação que feria o contrato recém-firmado pelo Tricolor e o consórcio Maracanã S.A.. Abelão se esquivou de comentar sobre quem está com a razão, mas lamentou o fato de às vesperas do retorno ao Maracanã estar se falando muito de tudo e pouco de futebol:

- Que confusão está dando essa volta ao Maracanã hein. Quando você recupera a casa, tem o torcedor de volta, não fazemos disso uma grande festa, mas geramos um clima perigoso que pode dar margem à violência. Esse momento tinha que ser de festa, mas não é isso que vemos. Lamentável. Para mim, não importa quem está certo está errado, mas podíamos estar falando de outras coisas. 

A diretoria do Vasco disse essa tarde que o clube abria mão de metade dos ingressos e que o Fluminense podia ceder apenas 10% referentes à cota para visitantes. Entretanto, o Flu alegou que a própria torcida vascaína já comprou seis mil ingressos, ultrapassando o número citado e o Vasco não é o dono da operação, de forma que a logística do confronto não sofrerá alterações. Abel deu de ombros para a questão e comemorou o bom comparecimento dos tricolores às bilheterias.

- Sei que meu torcedor vai. Está fazendo fila aí fora, é muito legal. Nós vamos voltar pra casa.

O técnico Abel Braga comentou nesta quinta-feira as polêmicas envolvendo as diretorias de Fluminense e Vasco em relação ao jogo do próximo domingo, às 18h30, no Maracanã. O Cruz-maltino pleiteava o direito histórico de sua torcida entrar no estádio pelo acesso próximo à UERJ, situação que feria o contrato recém-firmado pelo Tricolor e o consórcio Maracanã S.A.. Abelão se esquivou de comentar sobre quem está com a razão, mas lamentou o fato de às vesperas do retorno ao Maracanã estar se falando muito de tudo e pouco de futebol:

- Que confusão está dando essa volta ao Maracanã hein. Quando você recupera a casa, tem o torcedor de volta, não fazemos disso uma grande festa, mas geramos um clima perigoso que pode dar margem à violência. Esse momento tinha que ser de festa, mas não é isso que vemos. Lamentável. Para mim, não importa quem está certo está errado, mas podíamos estar falando de outras coisas. 

A diretoria do Vasco disse essa tarde que o clube abria mão de metade dos ingressos e que o Fluminense podia ceder apenas 10% referentes à cota para visitantes. Entretanto, o Flu alegou que a própria torcida vascaína já comprou seis mil ingressos, ultrapassando o número citado e o Vasco não é o dono da operação, de forma que a logística do confronto não sofrerá alterações. Abel deu de ombros para a questão e comemorou o bom comparecimento dos tricolores às bilheterias.

- Sei que meu torcedor vai. Está fazendo fila aí fora, é muito legal. Nós vamos voltar pra casa.