icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/03/2014
20:23

Adversário do Internacional nas quartas de final, o Cruzeiro foi a primeira equipe a testar o time titular colorado no Campeonato Gaúcho. Levou 4 a 1. Mas tal jogo não serve de parâmetro para a fase decisiva da competição. O técnico Abel Braga admitiu que o Inter é favorito, mas disse que a partida é muito diferente e prega respeito ao rival.

O jogo aconteceu no dia 2 de fevereiro. O Inter abriu o placar nos últimos instantes do primeiro tempo, com D'Alessandro. Na volta do intervalo, logo aos 6, Reinaldo empatou. O Colorado voltou a liderar o placar aos 13, quando Rafael Moura marcou. Gilberto e Fabrício ainda iriam às redes.

- Mudou. Naquele momento não estavam bem ainda. Ficou um time mais refular. E é jogo único. A estratégia de jogo vai ser outro. Não creio que vão se preocupar com a parte defensiva. Não acredito nisso. Você vai entrar em campo para os pênaltis? É complicado. Conheço o Zaluar, trabalhou no Rio, sempre procurou as vitórias - comentou Abel Braga.

O treinador disse claramente que o Inter é favorito. Mas garante que o elenco irá respeitar o adversário. Como exemplo, citou o treinamento de pênaltis na manhã desta sexta-feira, critério de desempate.

- Classificou, pegou moral. Jogar em Novo Hamburgo, com um campo mais acanhado, para defender é melhor. Mas com o torcedor do nosso lado, vamos tentar classificar. Não os 20 mil que a gente queria. Agora a gente só vê isso pela TV. Somos favoritos, respeitamos demais o adversário, mas qualquer resultado é normal - reclamou.