icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
16/02/2015
23:30

A '"autoexpulsão" de Felipão, no último sábado, na derrota por 1 a 0 para o Veranópolis teve grande repercussão nas versões online de importantes veículos de comunicação do mundo. Após deixar o campo, faltando quatro minutos para o encerramento do confronto, Scolari comentou que 'não tinha mais o que fazer'.

O treinador encerrou afirmando que saiu "para não tomar uma atitude errada e esfriar a cabeça". No entanto o fato não passou despercebido. O diário esportivo "Olé", da Argentina, publicou em seu site uma matéria de título "Scolari ficou louco". No primeiro parágrafo, a publicação não mediu críticas e fez alusão aos 7 a 1, sofridos na Copa do Mundo de 2014 frente à Alemanha.

"Incomum. Incrível. Nem mesmo quando o Brasil perdeu por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo. Nesse dia ele aguentou. Mas Luiz Felipe Scolari não aguentou o mau desempenho de sua equipe, Grêmio, contra o Veranópolis pelo estadual Gaúcho. " 

Já o jornal "El Comercio", do Peru, adotou um discuso mais ameno e comentou: "Em uma reação insólita, o técnico Luiz Felipe Scolari foi para os vestiarios enquanto seu time perdia. - Eu me expulsei - disse"

Com opiniões de comentaristas brasileiros, Daily Mail, da Inglaterra, e The New York Times, dos EUA, reproduziram o texto da agência de notícias Reuters.  Sem medir palavras, o texto diz que o técnico foi "acusado de conduta não profissional" pela atitude. "