icons.title signature.placeholder João Pires
29/11/2013
07:00

Uma prova festiva que reúne os principais personagens do automobilismo brasileiro ao fim da temporada, a 500 Milhas de Kart terá sua 17ª edição neste sábado, no kartódromo do Beto Carrero World, na cidade de Penha, em Santa Catarina. A prova possui regras particulares e os karts serão de motor 13HP.

Segundo Felipe Giaffone, piloto tricampeão da Fórmula Truck e um dos organizadores do evente, um dos fatores que pode incomodar nesta edição é o calor. O local já registrou temperaturas acima de 30º esta semana.

- A prova poderá ser um pouco diferenciada se esse forte calor persistir. A parte física irá pegar bastante, mas, pelo que tenho visto nos tempos, que tm ficado muito próximos, será bastante equilibrado - pontuou Giaffone, de 38 anos.

E MAIS:
> Acompanhe o noticiário completo de motor no LANCE!Net
> Beto Monteiro corre na 500 Milhas de Kart, mas com a cabeça na F-Truck
> Pressão reduzida é o trunfo de pilotos consagrados na 500 Milhas de Kart
> Desenho do kart de Nelsinho Piquet já foi divulgado para a 500 Milhas

Perguntado a respeito das temperaturas elevadas no kartódromo, Rubens Barrichello contou que não há muito o que fazer neste caso.

- Temos que beber água (risos). Não tem muito o que fazer neste momento, tem que hidratar bastante e torcer para que a noite chegue logo. Aqui o dia tem sido longo, às oito da noite ainda está claro - falou o ex-piloto da Fórmula 1.

A equipe TechSpeed/MG Pneus, com o kart número 45, comandou os treinos desta quinta-feira. Com Bruno Bertoncello, Matheus Leist, Pedro Cardoso, André Nicastro, Eduardo Dieter e Francesco Ventre se revezando na pilotagem, a equipe teve 59s096 como a melhor marca.

Rubens Barrichello em seu kart no Beto Carrero World (Foto: RF1)

O time da Hanier Racing, de Tony Kanaan, Barrichello, Giaffone e Cia., registrou 59s173 como melhor tempo. Na quarta, a equipe Fittipaldi Piquet havia liderado as atividades.

Nesta sexta eles definirão o grid de largada e a prova terá início na manhã deste sábado, às 11h. Confira as principais regras desta que é uma das mais tradicionais provas da categoria.

CONFIRA UM RESUMO DO REGULAMENTO DA 500 MILHAS DE KART

Duração da prova: 650 voltas ou tempo máximo de 12 horas.

Equipes: têm de possuir um mínimo de dois pilotos e um máximo de dez.

Paradas: é obrigatória uma parada nos boxes de 15 minutos até a nona hora de corrida e outras sete com três minutos. O piloto da equipe precisa ser alterado a cada parada. Vale lembrar que todo kart que entrar nos boxes precisa ter o motor desligado, sendo que este só pode ser ligado no limite de saída do boxe.

Pessoas no auxílio: é permitido um máximo de duas pessoas para empurrar o kart na saída dos boxes.

Grid: Os pilotos são divididos em dois grupos, que terão dez minutos para tomada de tempo. Apenas um piloto por equipe pode realizar a tomada de tempo. Os 14 melhors definirão os primeiros posicionamentos do grid.

Largada: será com os karts ao lado da pista. Será permitido um mecânico atrás do kart para empurrá-lo.

Abastecimento: a organização disponibilizará sete litros para a largada e para cada reabastecimento durante a prova.

Pneus: a organizaão disponibiliza dois jogos completos de pneus e mais dois pneus dianteiros para cada equipe. Um dos jogos será usado na tomada de tempo. Não é permitido o aquecimento ou resfriamento artificial dos compostos.

Peso: o conjunto kart e piloto precisa registrar um peso mínimo de 205kg. Para garantir o peso mínimo, a equipe poderá utilizar lastros encaixados nos karts.