icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/04/2014
10:15

Romarinho chegou em julho de 2012 e tornou-se titular nos primeiros meses de 2013. Guilherme chegou em agosto de 2012 e virou titular em julho de 2013. Cleber chegou em julho de 2013 e tornou-se titular apenas neste ano. Os três são exemplos de uma realidade que já não existe mais no Corinthians: chegar, ter tempo para se adaptar, entrar aos poucos e, quando for a hora, virar titular do time. Com a reformulação, não há mais tempo para esperar pelos reforços.

Em 2014, dos seis jogadores contratados, quatro estrearam como titulares: Fagner, Bruno Henrique, Jadson e Petros. O segundo perdeu a vaga para Renato Augusto, mas mostrou que tem condição de estar entre os 11 principais. Já o último apareceu como surpresa no duelo do último domingo, diante do Atlético-MG, pela estreia do time no Campeonato Brasileiro.

Luciano teve duas partidas como reserva até ganhar a vaga. Em seu segundo jogo, ele fez dois gols diante do Comercial, pelo Campeonato Paulista, ao substituir o lesionado Guerrero. A partir de então, não saiu mais da equipe. O técnico Mano Menezes preferiu aproveitar sua boa fase a se preocupar com a pouca experiência do atacante (ele foi contratado do Avaí e só tem 20 anos de idade).

Dos que chegaram, o único que ainda não jogou é Ferrugem, que ficou pela primeira vez no banco diante do Galo. Ele foi contratado para brigar por uma posição na lateral direita com Fagner. Assim que houver uma brecha, Mano espera testá-lo e, se for o caso, não tirá-lo mais da equipe titular.

2014: ESTREIAS 'NA FOGUEIRA' COMO TITULAR

Fagner
Já havia começado no clube, teve boa passagem pelo Vasco, estava na Europa, mas foi uma das últimas opções da diretoria para a lateral. Estreou como titular contra a Ponte Preta, um dia após a invasão ao CT Joaquim Grava e no duelo seguinte aos 5 a 1 para o Santos na Vila Belmiro. Teve uma atuação abaixo, assim como toda a equipe.

Bruno Henrique
Volante havia feito um bom Brasileirão pela Portuguesa. Contratado do Londrina (PR), teve pouco mais de uma semana de treinos e já foi titular no clássico contra o Palmeiras, com boa atuação. Saiu aplaudido de campo e surpreendeu a todos pela boa postura.

Jadson
Principal contratação do Corinthians para o Paulistão, estreou diante do Palmeiras e foi um dos melhores em campo. Saiu ovacionado. Havia saído do rival São Paulo sob desconfiança e sua condição física também era colocada em xeque.

Petros
Estreia de Brasileirão, campeão da Libertadores fora de casa, e o meia não se intimidou. Destaque do Penapolense neste Paulistão, foi o melhor em campo contra o Atlético-MG, no último domingo.