icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
04/04/2014
08:10

O Cruzeiro precisa vencer o Real Garcilaso (PER) por dois ou mais gols de diferença para assegurar a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores sem ter que se preocupar com o resultado da partida entre Defensor Sporting (URU) e Universidad de Chile. Se depender do retrospecto recente da equipe no Mineirão, local do embate, não será muito difícil.

Na atual temporada, os comandados de Marcelo Oliveira atuaram no Gigante da Pampulha em nove oportunidades, conquistando oito triunfos e apenas um empate. Dentre as oito vitórias da equipe no estádio, cinco foram com um placar que a classificaria para a fase seguinte do torneio continental.

Éverton Ribeiro crê que, para vencer os peruanos em Belo Horizonte, o Cruzeiro tem que manter o mesmo ritmo de jogo apresentado diante da Universidad de Chile.

– Temos que encarar o jogo contra o Real Garcilaso da mesma maneira que fizemos diante da Universidad de Chile, ou até mais forte. Temos um jogo difícil em casa, mas temos condições de sair com uma vitória – declarou.

A última vez que a Raposa venceu por um placar que necessita foi no dia primeiro de março, diante do Minas Boca, pelo Campeonato Mineiro. Apesar de o fato ter acontecido há mais de um mês, torcedores e atletas seguem confiantes na classificação na Libertadores.

Cruzeiro no Mineirão em 2014:
26/1 – Cruzeiro 1 x 0 URT
5/2 – Cruzeiro 3 x 1 Villa Nova
9/2 – Cruzeiro 2 x 0 América-MG
19/2 – Cruzeiro 2 x 0 Guarani-MG
25/2 – Cruzeiro 5 x 1 Universidad de Chile
1/3 – Cruzeiro 4 x 0 Minas Boca
8/3 – Cruzeiro 2 x 1 Tupi
20/3 – Cruzeiro 2 x 2 Defensor Sporting (URU)
30/3 – Cruzeiro 2 x 1 Boa Esporte