Marcos D'Almeida - Petrobrás

Marcus D'Almeida, do tiro com arco, já está concentrado no CCFEx (Foto: Steferson Faria)

LANCE!
19/07/2016
16:14
Rio de Janeiro

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) apresentou oficialmente nesta terça-feira, dia 19, a base de apoio do Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), na Urca, maior estrutura do Time Brasil durante os Jogos Rio 2016. O CCFEx será utilizado pelos atletas da vela, vôlei de praia, boxe, handebol, lutas, taekwondo e tiro com arco, antes e durante os Jogos, muitos deles integrantes do Time Petrobras.

Na Urca, os atletas terão autonomia nos horários de treinamentos, maior privacidade, deslocamentos menores e alimentação balanceada. A base de treinamento terá ainda hospedagem, lavanderia, academia, serviços médicos, ciências do esporte e área de convivência.
- Exclusividade é a principal palavra aqui. Os atletas treinam a hora que quiserem, comem o que foi combinado e só encontram os brasileiros. A proximidade também conta, ainda mais para vela e vôlei de praia. Essa é a grande diferença de estarmos na Urca, um dos lugares mais bonitos do Rio de Janeiro - afirma Marcus Vinicius Freire, diretor executivo de Esportes do COB e um dos quatro subchefes da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

A primeira modalidade a entrar no CCFEx foi o tiro com arco, na última segunda-feira, dia 18. Entre os representantes, o jovem Marcus D’Almeida, de 18 anos, integrante do Time Petrobras.

Nesta terça-feira, dia 19, a equipe do boxe, toda ela integrante do Time Petrobras, chegou ao local. A vela e o vôlei de praia ficarão durante todo o período dos Jogos Rio 2016 na Urca, em virtude da proximidade de seus locais de competição, enquanto as demais seguirão para a Vila Olímpica.

O tiro com arco permanece no local até o dia 24 de julho. O boxe fica até 2 de agosto. O handebol feminino entra dia 22 de julho e fica até 3 de agosto. A equipe de lutas estará hospedada no CCFEx entre os dias 3 e 15 de agosto e o taekwondo, outra modalidade que tem os atletas integrantes do Time Petrobras, entre 4 e 14 de agosto. A vela fica no local entre os dias 25 de julho e 20 de agosto, enquanto três duplas do vôlei de praia ficam entre 26 de julho e 19 de agosto no CCFEx. Pedro Solberg/Evandro e Larissa/Talita, que fazem parte do Time Petrobras, estão entre as duplas. Alison e Bruno Schmidt optaram por dormir na Vila Olímpica.

- Essa parceria com o COB vem desde 2011 e hoje se materializa com o funcionamento pleno do Centro de Treinamento de Alta Performance do Time Brasil. O CT do Time Brasil tem todas as facilidades que o atleta necessita como acomodação, internet, refeitório, telefonia... Nos adaptamos aos requisitos técnicos operacionais do COB e esse quartel passou a ser CT do Time Brasil - afirmou o general-de-divisão Décio dos Santos Brasil, chefe do CCFEx.

Além do CCFEx, o COB também contará com seis bases de apoio fora da Vila Olímpica em diversas regiões da cidade do Rio de Janeiro, e até mesmo fora da capital do estado. Elas ficam na Escola Naval, Hotel Porto Real em Mangaratiba, Colégio CEC, Colégio QI, Hotel SESC Copacabana e Deodoro.

Todos os atletas que ficarem fora da Vila Olímpica também terão a oportunidade de dormir ao menos uma noite no local. Assim, o COB garante para todos a experiência única de vivenciar o clima de uma Vila Olímpica e a oportunidade de conviver com os demais atletas do Time Brasil e do mundo.

O COB mantém a meta de alcançar o Top 10 no quadro geral de medalhas.

- Nós temos a certeza de que oferecemos aos nossos atletas a melhor preparação da história, que fez com que nosso esporte evoluísse. Hoje, estamos exatamente dentro das mesmas possibilidades desde que iniciamos o planejamento. Ou seja, a nossa meta continua sendo ser Top 10 pelo número total de medalhas. Não estamos preocupados com o número de medalhas, mas sim com a posição no quadro. Seguimos acreditando que é uma meta ousada, mas factível - afirmou Marcus Vinicius Freire.