Stan Wawrinka

Stan Wawrinka (Foto: AFP / MIGUEL MEDINA)

TÊNIS NEWS
29/05/2016
11:38
PARIS (FRA)

O suíço Stan Wawrinka, 4º da ATP e atual campeão de Roland Garros, está nas quartas de final no major parisiense. Ele passou por um duro Viktor Troicki, 24º, em quase três horas, por 7/6(5), 6/7(7), 6/3 e 6/2, em 2h56min. Esta foi a quinta vitória de Stan em cinco confrontos contra o sérvio.

Na próxima fase, ele enfrenta a surpresa espanhola Albert Ramos-Vinolas, apenas o 55º melhor classificado entre os homens, que bateu, neste domingo, o top 10 Milos Raonic, por 6/2, 6/4 e 6/4. Os dois já se encontraram seis vezes, com todos os triunfos indo para o atual campeão na cidade luz.

O primeiro set foi dominado pelo saque. Apenas no 12º game, o último antes do tiebreak, houve ameaças ao serviço. O suíço foi muito agressivo e rapidamente abriu 0/40, mas viu o rival jogar muito bem e voltar no game, confirmando seu saque após salvar quatro set points.

No tiebreak, o 4º colocado também manteve-se sempre à frente: ele abriu 3/0, com dois minibreaks, 5/2 e 6/3, mas fechou somente em 7/5, depois de perder mais duas bolas do set.

A segunda parcial foi, de longe, a mais disputada. O helvético saiu quebrando, mas ligou o modo off e errou muito durante quatro games, sendo vazado duas vezes e vendo o oponente abrir 4/1. Em 4/2, no entanto, Stan mostrou ter disposição para buscar o set e chegou a duas oportunidade de quebra, eventualmente convertendo a última. O jogo ficaria igual, apesar da instabilidade demonstrada pelo favorito naquela etapa.

Sem mais chances, os dois foram a novo tiebreak. Nele, os jogadores trocaram miniquebras no início. Depois, em 2/3, Stan cometeu uma dupla falta e um erro bobo e deu o tiebreak de mão beijada para Troicki. Ele perdeu três chances, todavia, e só fechou em 9/7, contando com ampla colaboração do bicampeão de Slam.

Após as longas primeiras parciais, as duas etapas seguintes foram mais tranquilas. Wawrinka quebrou Troicki no quarto game do terceiro set e abriu 4/1. Nesse ponto, o tenista dos Balcãs chamou o fisioterapeuta e apontou um problema na região da perna direita. Isso não o permitiu apresentar o mesmo nível de tênis. O 4º pré-classificado administrou e fez 2x1 na partida.

Na quarta e última parcial, o top 5 largou com tudo, tomando o saque do adversário logo no primeiro game. Assim, já era previsível que o sérvio não poderia responder à altura. Para piorar sua situação, Stan sacava de forma excelente, disparando diversos aces – foram 19 no total – em seus games. Ele voltou a conseguir um break em 1/3 e, em pouco menos de três horas, garantiu seu lugar nas quartas de final do Aberto da França.