Stan Wawrinka

Stan Wawrinka no Australian Open. Crédito: Tennis Australia

Tênis News
05/04/2016
17:31
Paris (França)

Em entrevista ao site de Roland Garros, o atual campeão, Stan Wawrinka, falou sobre o fato de conquistar o título sobre o número um do mundo, Novak Djokovic, no que definiu como "melhor partida de sua vida" e revelou que não busca fazer parte do 'big four'.

"Quando se ganha um Grand Slam, se conquista mais reconhecimento do público e aceitação, tanto dos fãs de tênis quanto do público em geral. Isso é o que minha vitória do Australian Open me trouxe. Todo mundo começou a me lha de maneira diferente", comentou.

Quando ganhei Roland Garros, conquistei meu lugar na história do tênis. Apenas 29 jogadores conquistaram dois Grand Slams em sua carreira. De certo modo, é estranho dizer que tenho dois Grand Slams, mais uma Copa Davis e uma medalha de ouro olímpica nas duplas. Nunca pensei que conseguiria isso em minha carreira. Não esperava que fosse tão bom", confessou o suíço.

Stan falou ainda sobre o fato de ser o último jogador a interromper a sequência de vitórias dos quatro principais tenistas da atualidade, numa soberania que durou do Australian Open de 2010 ao Australian Open de 2014. “Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Murray deixaram sua marca na história nos últimos dez anos. Ganharam tudo, não se pode discutir isso. Não é complexo de inferioridade, apenas sei qual é o meu lugar. Estou como quarto do ranking e obviamente um deles está abaixo. Eles têm a denominação (Big Four) por tudo que conseguiram. Isso é parte da história e não se pode reescrever a história. eu não tento fazer parte deste grupo", declarou.