icons.title signature.placeholder TENIS NEWS
icons.title signature.placeholder TENIS NEWS
19/08/2015
23:53

O suíço número 5 do ranking da ATP, Stan Wawrinka, acusou o bad boy australiano Nick Kyrgios de não se desculpar propriamente após o episódio controverso da última semana, quando o jovem tenista causou polêmica ao provocar Wawrinka em quadra.

Tudo começou quando, durante uma partida entre os tenistas no Masters 1000 de Montreal, Kyrgios disse à Wawrinka, “[Thanasi] Kokkinakis transou com sua namorada, sinto muito ter que falar isso, amigo.”

Wawrinka admitiu que a situação ainda lhe causava dores de cabeça após a vitória, de virada, sobre o croata Borna Coric na segunda rodada do Masters 1000 de Cincinnati. Já Kyrgios, que foi multado pela ATP por sua conduta, emitiu um comunicado desculpando-se por sua atitude, comentando que tudo aconteceu “no calor do momento”.

No entanto, o suíço acredita que suas desculpas não foram suficientes.

“Ele não se desculpou com as pessoas. Ele deveria, é simples,” disse Wawrinka. “Existe uma atmosfera de raiva nos vestiários em razão do que ele fez. Como jogador é possível ver melhor o que ele fez e qual a gravidade disso para a vida pessoal das pessoas envolvidas. Não foram apenas palavras, com uma frase ele tocou e machucou muita gente. Recebi muito apoio de todos nos vestiários, isso é fato.”

Wawrinka, que está se divorciando de sua esposa após seis anos de casamento, insistiu que, não importa o quão grave tenha sido o episódio, nada atrapalhará sua preparação pra o US Open.

“Eu me conheço, sei como me preparo para um Grand Slam. Sei como lido com tudo e tenho certeza que estarei pronto para o US Open,” disse o dono de dois títulos de Grand Slam.

O suíço número 5 do ranking da ATP, Stan Wawrinka, acusou o bad boy australiano Nick Kyrgios de não se desculpar propriamente após o episódio controverso da última semana, quando o jovem tenista causou polêmica ao provocar Wawrinka em quadra.

Tudo começou quando, durante uma partida entre os tenistas no Masters 1000 de Montreal, Kyrgios disse à Wawrinka, “[Thanasi] Kokkinakis transou com sua namorada, sinto muito ter que falar isso, amigo.”

Wawrinka admitiu que a situação ainda lhe causava dores de cabeça após a vitória, de virada, sobre o croata Borna Coric na segunda rodada do Masters 1000 de Cincinnati. Já Kyrgios, que foi multado pela ATP por sua conduta, emitiu um comunicado desculpando-se por sua atitude, comentando que tudo aconteceu “no calor do momento”.

No entanto, o suíço acredita que suas desculpas não foram suficientes.

“Ele não se desculpou com as pessoas. Ele deveria, é simples,” disse Wawrinka. “Existe uma atmosfera de raiva nos vestiários em razão do que ele fez. Como jogador é possível ver melhor o que ele fez e qual a gravidade disso para a vida pessoal das pessoas envolvidas. Não foram apenas palavras, com uma frase ele tocou e machucou muita gente. Recebi muito apoio de todos nos vestiários, isso é fato.”

Wawrinka, que está se divorciando de sua esposa após seis anos de casamento, insistiu que, não importa o quão grave tenha sido o episódio, nada atrapalhará sua preparação pra o US Open.

“Eu me conheço, sei como me preparo para um Grand Slam. Sei como lido com tudo e tenho certeza que estarei pronto para o US Open,” disse o dono de dois títulos de Grand Slam.