Karolina Pliskova encara Simona Halep na Fed Cup 2016

Karolina Pliskova (Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
22/08/2016
01:01
CINCINNATI (EUA)

Após bater a alemã Angelique Kerber, 2ª do ranking mundial, e lhe negar a ida ao número um do mundo no ranking de amanhã, a tcheca Karolina Pliskova, 17ª, que figurará no top 10, concedeu entrevista coletiva em que brincou com o episódio.

“Angelique teve uma ótima semana e tem feito um ótimo trabalho durante todo o ano. Sei que ela estava jogando para chegar ao número um, acho que ela merece ser a número um, mas quem sabe da próxima vez!”.

Depois, num tom mais sério, ela analisou o duelo. “Jogue de forma suficientemente agressiva, quase sem cometer erros. Meu saque estava bom, direita e esquerda também. Eu não mudaria uma coisa sequer da partida”.

“Estou feliz que (a partida) tenha acontecido daquela forma (facilmente). Eu ainda estava esperando, durante o jogo, algumas complicações, como sempre acontece no tênis, mas estou feliz por ter sido assim”.

Kerber, por sua vez, não desanimou. A menos de 200 pontos de Serena Williams e com bem menos pontos a defender no Grand Slam americano (a alemã caiu na 3ª rodada em 2015, enquanto Serena perdeu na semifinal), ‘Angie’ disse que seu ano “não acabou”.

“Tive um grande ano até agora, e ele não terminou. Ganhei meu primeiro Grand Slam (Australian Open, em janeiro), e tudo que aconteceu nos últimos meses foi simplesmente incrível. Tento aproveitar (esses momentos). Em alguns dias, você perde jogos; noutros, vence”, afirmou, resignada.

“Tentarei levar as coisas positivas da partida e das últimas semanas para ir a Nova Iorque (cidade do US Open)”, finalizou.