Toni Nadal

Toni Nadal (Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
27/04/2016
18:24
BARCELONA (ESP)

O site italiano ‘Ubitennis’ divulgou declarações dadas por Toni Nadal, tio e técnico de Rafael Nadal, no último fim de semana, durante a disputa do ATP 500 de Barcelona. Nelas, ele comenta o domínio de Novak Djokovic no ciruito mundial, nos últimos dois anos, e afirma que o sérvio ganhou tantos títulos porque não teve que enfrentar Nadal e Federer em sua melhor forma.

Para o tio de Rafa, que sempre enxergou no sérvio um projeto de número 1, é incontestável que Nole competiu em 2014 e 2015 sem enfrentar as ‘melhores versões’ do suíço e do espanhol.

“Gosto de analisar as coisas profundamente; Djokovic é um jogador extraordinário, não apenas recentemente, mas sempre – desde que o vi pela primeira vez sabia que ele se transformaria num dos melhores jogadores do mundo. No entanto, também creio que o contexto em que ele conseguiu muitos títulos é diferente, ainda que, dizendo isso, eu não queira dizer que [ele] não alcançou os títulos de forma merecidamente”.

“No último ano e meio em que ele [Novak] ganhou tanto, nunca teve que competir com a melhor versão de Federer, porque, obviamente, o suíço não é o mesmo de 2006, 2007 ou 2009. Tampouco, durante este período, ele jogou contra o melhor de Rafael [Nadal], como 2006, 2008, 2009 ou também 2013, já que em 2014 e 2015 Rafa não era o mesmo de antes, e Djokovic começou a ganhar muitas coisas”.

Toni finalizou em declaração que certamente dará o que falar na comunidade mundial do esporte.

“Naqueles anos anteriores, Novak não venceu tanto. Sem Rafa e Roger em seus melhores níveis nesses momentos, ele se converteu num jogador quase invencível. Mas, se eles [Nadal e Federer] estivessem melhor, poderíamos ter tido mais equilíbrio. Assim, Djokovic não ganharia tanto”.