Toni Nadal

Toni Nadal (Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
13/02/2016
11:25
Buenos Aires (Argentina)

Toni Nadal, tio e técnico de Rafael Nadal, conversou com o público em uma ação promovida pelo ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, no fim do dia desta sexta-feira e teve mais uma vez que responder sobre a má fase do sobrinho.

Ele admitiu que o fato de ser tio do dono de 14 Grand Slams influencia para que permaneça no cargo: "Eu tenho a sorte de ser tio, então custa mais a troca de treinador. Tem sido mais fácil para mim, porque se não fosse seu tio provavelmente teria me substituído", afirmou: "Eu não trouxe o Rafa pro tênis, ele foi levado sozinho. No caso do tênis, é o jogador que faz um bom treinador, e não o contrário".

Toni também destacou que preferia ter o forehand com a mecânica de Roger Federer: "Ainda me lembro do momento, era contra o (Guillermo) Coria, em Monte Carlo, quando Rafa tinha 16 anos. Até então ele era um jogador que sempre pegava a bola na frente, mas a partir do momento em que começamos a jogar no circuito, começou a bater a bola um pouco mais tarde, jogando a mão para cima. Obviamente gostaria de ter o forehand como o de Federer e não o de Rafa”.