Thiago Monteiro e Janko Tipsarevic

Divulgação

Tênis News
11/04/2017
18:59
Moscou (Rússia)

Apesar de ainda busca uma sequência no circuito, o ex-top 10, Janko Tipsarevic, tem não só chamado a atenção por sua luta para se recuperar por completo de uma lesão no pé, como pelas histórias de bastidores que tem contado.

Ao site russo Sport Klub, Tipsarevic entregou duas das maiores estrelas do tênis espanhol dos últimos tempos, Rafael Nadal e David Ferrer.

Do vice-campeão de Roland Garros 2013, Tipsarevic recordou o que muitos já sabem, que o alicantino fumava muito, mesmo antes de seus jogos. "Ferrer só fumava. Mesmo que tem uns três ou quatro anos que não o faz mais. Lembro que antes do nosso jogo no ATP Finals, estávamos no vestiário urinando e ele fazia isso com um cigarro na boca. Há um bocado de coisas que não são boas para atletas. Eu nunca treinaria alguém que fumasse ou bebesse, mas cada um segue o caminho que acredita ser o correto. Isso, Ferrer compensava treinando todo o dia", revelou.

Tipsarevic entregou o pecado de gula cometido diariamente pelo eneacampeão em Roland Garros: "faz muito tempo, Rafa tinha o costume de comer um pote de Nutella e beber três litros de Coca-Cola. Agora, cada vez menos vemos essas coisas, pois os jogadores estão mais preocupados com o que comem. Começaram a investir em si mesmos. Não faz sentido carregar com você um fisioterapeuta, um preparador físico e um treinador se logo fuma um maço de cigarros por dia. É por isso que os mais velhos obtém os melhores resultados hoje. Ampliaram o nível", concluiu.

O sérvio contou ainda que acredita que deve haver doping no tênis, mas pouco e tem a teoria de que os grandes atletas não se dopam. ele contou ao site russo, que os testes são reais, que já recebeu agentes em sua casa e sabe que eles vão a qualquer lugar do mundo cumprir os exames.