TÊNIS NEWS
14/02/2016
18:24
BUENOS AIRES (ARG)

O austríaco Dominic Thiem, 19º da ATP, de apenas 22 anos, bateu, na tarde deste domingo, o espanhol Nicolas Almagro, e conquistou o quarto troféu de ATP 250 na carreira, em Buenos Aires, na Argentina. Todos foram vencidos desde maio de 2015.

O placar da partida foi 7/6(2), 3/6 e 7/6(4), em 2h28min de partida. Com o caneco, Thiem Deve ultrapassar o francês Gael Monfils e igualar o melhor resultado da carreira, a 18ª posição na lista da ATP.

Para Almagro, ficam os 150 pontos e a confiança de ter feito uma semana espetacular na capital argentina. Voltando de uma contusão que o atrapalhou muito durante 2015 e o fez cair à 72ª posição do ranking, ele bateu Jo-Wilfried Tsonga e David Ferrer, dois top 10, em sua caminhada até a final.

O JOGO
O primeiro set foi bastante duro, com os dois jogadores sendo agressivos em seus saques, o que transformava os games de serviço em quase impenetráveis. Almagro teve as únicas chances de quebra de toda a primeira etapa, quando Thiem sacava em 3/4 , mas o austríaco jogou muito bem e não deixou seu saque escapar. Sem mais chances, a única alternativa foi ir ao tiebreak. Nele, Dominic foi impecável: extremamente agressivo, largou com duas miniquebras logo no 1/0 e, sem ceder um minibreak sequer, vazou o saque de Almagro mais duas vezes quanto este sacava em 5/2. Em pouco menos de uma hora, o jovem 19º do mundo tinha 1/0 no jogo, com 7/6(2).

Na segunda parcial, Almagro cedeu um break point no sexto game, sacando em 2/3, mas forçou o erro do austríaco e, após algumas igualdades, reteve o serviço. Logo no game seguinte, Thiem enfrentou três break points. Salvou dois, com muita personalidade, mas, no terceiro, o espanhol contou com a sorte, quando a bola bateu na fita da rede, e conseguiu a primeira quebra de serviço do jogo. A quebra abateu o austríaco, e Almagro fez mais dois games em sequência, fazendo 6/3, em 40 minutos.

No início da terceira etapa, Thiem parecia derrotado pelo calor. Facilmente quebrado no segundo game, ele conseguiu, no entanto, recuperar a quebra, logo em seguida. O jogo seguia eletrizante, e os tenistas sofriam para manter seus saques Servindo em 1/2, outra enrascada para o número um da Áustria: um 15/40. Mais uma vez, ele conseguiu superar a adversidade e empatou em 2/2. Almagro também sofria e teve que salvar duas chances de quebra no game seguinte. Daí pra frente, os dois confirmaram seus saques com relativa facilidade, até o final do jogo ser decidido em mais um tiebreak.

Na decisão, em passada sensacional, o espanhol conseguiu o primeiro minibreak, quando Thiem sacava em 0/1, mas o desperdiçou no 3/1 e a igualdade voltou ao placar. O minibreak definitivo veio quando Almagro sacava em 4/4. Com muita sorte, Thiem conseguiu a miniquebra e depois, sacando bem, teve sorte mais uma vez, quando a última bola do jogo bateu na linha, forçando o erro de Almagro. Mais uma vitória em um tiebreak e os 250 pontos garantidos para o austríaco, que também ganha mais de US$93 mil com a premiação.

Agora, os dois tenistas vêm ao Rio de Janeiro para disputar o ATP 500 da cidade, cuja chave principal começa nesta segunda feira, 15/02.