Rafael Nadal

Rafael Nadal em Buenos Aires. Crédito: Argentina Open

Tênis News
13/02/2016
19:08
Buenos Aires (Argentina)

O austríaco Dominic Thiem, 19º do ranking da ATP e quinto favorito na chave do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, encarou uma batalha, sofreu, mas superou o principal favorito e atual campeão, Rafael Nadal, e se garantiu na grande final da competição.

Em um jogo muito disputado e cheio de tensão, Thiem precisou de 2h50 para fechar o placar em 6/4 4/6 7/6 (4), tendo disparado nove aces contra dois de Nadal, que venceu 67% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 70% de aproveitamento do austríaco.

O primeiro set começou com um game muito disputado. Pressionado o espanhol confirmou game de serviço e a quebra na sequência abrindo 2/0 no placar. Inconstante, Nadal viu o austríaco reagir e trabalhar com forehand para devolver a quebra de saque no terceiro game e igualar. Nadal foi ainda pressionado no quinto game, onde salvou breakpoint, mas não resistiu no nono game, foi quebrado e viu Thiem sacar e iniciar a partida em vantagem.

Na segunda etapa, Thiem viu que Nadal não se abalou por ter perdido o primeiro set, entrou sacando bem e pressionando o serviço do rival. Apesar de a partir do terceiro game os dois tenistas passaram a pressionar um ao outro sem muito sucesso. No décimo game, sacando para se manter na partida, Thiem escolheu mal as jogadas, cometeu erros e em boas devoluções de Rafa Nadal foi quebrado e viu-se obrigado a jogar o terceiro set.

Ali, Thiem iniciou agressivo na devolução, conquistou a quebra de saque e fez 2/0 no placar. Nadal não desistiu, forçou o forehand na paralela e no quarto game devolveu a quebra e igualou o placar. Deste momento em diante, a partida ficou ainda mais nervosa e disputada. Os dois tenistas foram resistindo às investidas do rival, até que no décimo game, sacando para se manter em quadra., Thiem precisou ser frio, trabalhar com segundo serviço, salvar match-point e igualar o placar. Dura a partida foi para o tiebreak.

Alii, Thiem abriu com mini-quebra em dupla-falta do espanhol, fez 3/0 no placar e voltou a conquistar mini-quebra no quinto ponto em erro não forçado de Nadal. Rafa ainda devolveu uma das mini-quebras em erro do rival, mas não conseguiu reagir.

Buscando o quarto título de sua carreira, Thiem aguarda por outro espanhol, que sairá do confronto entre Nicolas Almagro, campeão em Buenos Aires em 2011 e vice em 2012, e David Ferrer, tricampeão do torneio portenho entre 2012 e 2015.