Vitória do brasileiro Thiago Monteiro no Aberto do Rio

Thiago Monteiro no Aberto do Rio (Foto: Luiz Pires/FOTOJUMP)

TÊNIS NEWS
18/02/2016
23:34
RIO DE JANEIRO

Foi uma experiência incrível para o cearense Thiago Monteiro, 388º da ATP, mas o Rio Open acabou para ele. Após a histórica vitória sobre Tsonga, ontem, o jovem perdeu para Pablo Cuevas, 45º, por 7/6(5) e 6/3 e está fora.

O ‘sonho’ acabou neste semana, mas a próxima já reserva outra possibilidade de ‘conto de fadas’ para Thiago: o Brasil Open anunciou, hoje, que o tenista da Tennis Route, no Rio de Janeiro, será um dos convidados da chave principal na edição deste ano, que se inicia na próxima segunda. E mais: com a campanha no Rio, Thiago será alçado do 388º ao 276º posto da ATP, bem próximo do 254º, seu melhor ranking, alcançado em 2013.

O JOGO
Thiago jogou muito bem o primeiro set, em que os dois jogadores foram sólidos em seus saques. À exceção do quarto game, quando Thiago sacou em 1/2 e teve um break point contra, salvando de forma muito competente, não houve ameaças aos serviços.

O caminho, então, foi o tiebreak. Nele, Cuevas começou muito nervoso, com uma dupla falta. Ele perdeu o minibreak no ponto seguinte, quando uma tentativa de passada sua saiu por pouco, mas recuperou a vantagem num erro bobo de direita do uruguaio, quando este sacava em 2/2. Ele virou de lado com o 4/2 de vantagem, mas, logo em seguida, Cuevas angulou muito bem uma esquerda, forçou o erro do brasileiro e foi sacar em 3/4. O uruguaio jogou muito bem, ganhando três pontos seguidos, sendo o 5/4 numa subida ruim de Thiago Monteiro à rede. Então, Cuevas sacou em 6/5, veio à rede após o saque e o lob de Thiago saiu por pouco. 7/5 no tiebreak e 1x0 no jogo para o o argentino, naturalizado uruguaio.

No início da segunda parcial, Thiago voltou um pouco abalado pela derrota na primeira, e isso foi suficiente para Cuevas aproveitar. Mesmo salvando três break points, no primeiro game, Thiago foi quebrado no terceiro, depois de cometer três erros não forçados.

O que se seguiu foi um Cuevas solto, aproveitando a vantagem e tendo facilidade em seus games, enquanto Thiago demonstrava uma enorme garra e mantinha seus saques às custas de muito suor – a luta do brasileiro é, diga-se de passagem, extremamente louvável e admirável. A partida seguiu deste jeito até o nono game, quando Monteiro, que já errava mais com mais frequência que no primeiro set, desperdiçou uma chance de confirmar seu saque e, em um erro, cedeu o match point. Em uma má subida à rede, como no 4/5 do tiebreak, Thiago perdeu o segundo set por 6/3 e o jogo por 2x0, em 1h37.

Na próxima rodada, Cuevas enfrenta o argentino Federico Delbonis, número 46 do mundo, por uma vaga nas quartas de final.