Thomaz Bellucci

Thomaz Bellucci. Crédito: Bianca Gentil

TÊNIS NEWS
29/02/2016
11:53
Ponte Vedra Beach (EUA)

Apesar da frustração com a queda na estreia e os problemas físicos no Brasil Open, Thomaz Bellucci ganhou duas posições valiosas no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais e foi ao 33º lugar.

A posição é importante já que com a desistência de Roger Federer ele ganhará o direito de ser um dos 32 cabeças de chave no Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia, que começa no dia 10 e ganha folga na primeira rodada, só pegando outro favorito a partir da terceira rodada.

Thiago Monteiro subiu mais 38 lugares com as quartas do Brasil Open e os 45 pontos somados e foi ao 240º, seu melhor desempenho na carreira. Antes do Rio Open ele era apenas o 338º colocando somando 90 pontos em duas semanas e 98 postos de subida. Thiago se consolidou como o sexto do país e já se aproxima de João Souza, o Feijão, que é o 211º. O número dois do país é Rogério Dutra Silva, o 115º, seguido por André Ghem como o 153º e Guilherme Clezar como o 176º.