Robin Haase e Mark J.

Robin Haase e Mark J. Crédito: ANP, Tennisimages/Henk Koster.

TÊNIS NEWS
24/03/2016
11:24
Amsterdã (Holanda)

Mark de J., técnico do holandês Robin Haase, 59º do mundo, foi preso nesta quinta-feira no aeroporto de Schipol, em Amsterdã, quando voltava dos Estados Unidos, acusado de ter conexão com o assassinato do empresário Koen Everink.

O assassinato ocorreu no dia 3 de março e o tenista se disse em choque após saber da notícia: "Estou em choque, não esperava isso. Estive com ele no torneio de Indian Wells (de 10 até 20 de março) e não notei nada".

Everink foi encontrado morto no dia 4 de março na cozinha de sua casa em Bilthoven, na noite anterior havia chamado amigos em casa para assistir um jogo de futebol. Há indícios que teria sido atacado logo a seguir. Sua filha de seis anos o achou morto na manhã seguinte e chamou a atenção dos vizinhos.

Haase havia desistido de Miami por problemas no joelho.