Super Serena Williams

Reprodução do Facebook

TÊNIS NEWS
05/11/2015
16:41
Bradenton, EUA

Mulher maravilha! Número 1 do mundo e afastada das quadras desde a derrota na semifinal do US Open, a americana Serena Williams foi vítima de um assalto em um restaurante, correu atrás do ladrão e recuperou o celular roubado.



A tenista elaborou um relato em sua conta do Facebook e horas depois a rede americana de televisão ABC publicou um vídeo com a caçada da americana pelas redes de segurança do estabelecimento.

Clique Aqui e veja o vídeo!

"Ontem no jantar a coisa mais louca que me aconteceu. Eu estava sentada apreciando uma de comida chinesa (deliciosa, posso dizer) e um cara estava ao meu lado. Éramos apenas duas em uma mesa de quatro pessoas apenas conversando como se não víssemos há anos. Então, esse cara está em pé ao meu lado e algo (eu já apelidei de meu senso de SUPER-HERÓI) me disse para ficar de olho nele. Meu telefone estava em cima da cadeira, mas não sentia que estava tudo bem. Ele estava lá por muito tempo. "Ele é um cliente?", eu pensei. "Será que ele está esperando no banheiro?". Mesmo assim, eu tentei deixar para lá esta sensação estranha. No entanto, eu continuei olhando para ele com o canto do meu olho. Então, quando menos esperava, eis que o ladrãozinho pegou meu telefone e rapidamente saiu pela esquerda. Eu olhei para a cadeira e gritei "Meu Deus, aquele cara levou meu telefone!!". Sem pensar, eu reagi. Eu pulei, segui o caminho para fora do agradável restaurante (pulando sobre uma ou duas cadeiras) e segui atrás dele. Ele começou a correr, mas eu estava muito rápida (os treinos de sprints vieram bem) e estava em cima dele em um piscar de olhos!", relatou a americana que se auto-apelidou de Super-Woman.

"Na mais calma voz sem nenhum tom mais ameaçador que eu poderia conseguir falar, eu gentilmente perguntei se ele "acidentalmente" pegou o telefone errado. Ele se atropelou com as palavras, provavelmente não esperava que isso acontecesse. Ele provavelmente estava pensando na coisa certa a dizer e, num súbito, ele disse: "Deus, olha o que eu fiz! Foi tão confuso lá dentro. Eu devo ter pego o telefone errado". Enquanto isso, meu telefone estava tocando, meu lado super herói estava me encarando e ele não poderia negar as acusações. Eu rapidamente agradeci e saí. Super herói? Talvez? Ah, com certeza!! Eu tenho a velocidade, os saltos, o poder, o corpo, a sedução, o "sex appeal", a força, a liderança e ainda a calma para enfrentar a tempestade.
Sempre escute a sua voz interior de super-herói. Sempre mantenha as suas coisas por perto! Lute pelo que é certo. Se mantenha no que você acredita! Seja um super-herói! Quando voltei para o restaurante, recebi uma ovação de pé. Fiquei orgulhosa. Eu só mostrei a todo homem lá dentro eu posso me levantar contra intimidadores e qualquer outro homem. Foi uma vitória para as mulheres! Só porque você é uma mulher não tenha medo de se levantar para qualquer desafio e não ser uma vítima, mas um herói. Super Serena e seu sentido imaginário!".

Serena voltou recentemente aos treinos para a pré-temporada ao não jogar no fim de ano por lesão no joelho e depressão pela chance perdida de vencer o Grand Slam, os quatro Majors do ano.