TÊNIS NEWS
28/09/2016
14:51
LONDRES (ING)

O sul-africano Joshua Chetty, de 21 anos, atual 1857º colocado no ranking da ATP, foi banido de forma definitiva do tênis por tentar corromper um adversário no Future de Stellenbosch, na África do Sul, em novembro de 2015. A sentença foi anunciada nesta quarta-feira.

Chetty ofereceu US$2 mil ao rival para perder a partida de simples e US$600 por um jogo de duplas. O oponente, que teve sua identidade preservada em consonância com as recomendações do Programa Anticorrupção do Tênis, recusou a oferta feita por Joshua e acionou o Tennis Integrity Union (TIU), iniciativa criada pelos órgãos que comandam o tênis para combater a corrupção no esporte.

Joshua Chetty admitiu as propostas que fez e os resultados da investigação do TIU foram apresentados ao auditor do Escritório Anticorrupção independente, que por sua vez analisou o caso e considerou o tenista culpado, emitindo o parecer pelo banimento de Chetty.

A sentença significa que ele está eternamento proibido de competir ou comparecer a qualquer torneio ou evento organizado pelos órgãos governantes do esporte (ITF, ATP e WTA).