Bruno Soares

(Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
07/09/2016
14:57
Nova York (EUA)

No duelo brasileiro pelas quartas de final deu Bruno Soares contra André Sá nesta quarta-feira deu Bruno. O número oito do mundo e seu parceiro Jamie Murray venceram Sá e o australiano Chris Guccione em grande partida de 2h23min.

Bruno e Jamie, cabeças de chave 4, superaram os rivais por 2 sets a 1 com parciais de 7/6 (11/9) 2/6 6/3 e vão enfrentar os vencedores dos atuais campeões, os franceses Pierre Herbert e Nicolas Mahut e a dupla do sueco Robert Lindstedt e o paquistanês Aisam Qureshi.

A partida foi muito disputada e o primeiro set com mais de uma hora de duração. Sá e Guccione tiveram chances de quebra ao longo da parcial e salvaram uma única oportunidade da dupla de Bruno. Dois set-points bem salvos com o saque de Bruno no fim. Murray e soares fizeram 6 a 3 no tie-break e Sá/Guccione viraram com quatro pontos seguidos, não conseguiram aproveitar mais dois set-points na devolução e Bruno/Jamie fecharam no detalhe.

Com belo lob, devoluções e voleio, Sá/Guccione quebrou duas vezes, abriu 4/0 e controlou bem salvando algumas oportunidades dos favoritos.

No último set a quebra veio no quarto game com Guccione sem ser firme na rede, perdendo bola para matar e boa intervenção na rede dos rivais. A quebra foi decisiva e Bruno sacou bem para fechar por 6/3.

O mineiro buscará sua segunda final no US Open onde foi vice-campeão com Alexander Peya em 2013.

André repete seu melhor resultado do US Open de 2007 ao lado de Marcelo Melo, somará 360 pontos e deve voltar ao top 50.