Bruno Soares

(Foto: Divulgação)

Tênis News
14/10/2016
09:00
Xangai (China)

Não foi desta vez que o Brasil passou a liderar o ranking da duplas da ATP. O mineiro Bruno Soares, que lutava pelo posto, perdeu ao lado do parceiro, o escocês Jamie Murray, nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai, na China. Soares é o novo número dois.

Em um jogo complicado disputado no inicio da manhã desta sexta-feira no horário de Brasília, Soares/Murray lutaram por 1h16; mas acabaram derrotados pela parceria formada pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers por 6/3 7/6 (4). Kontinen/Peers converteu oito aces contra seis de Soares/Murray, que venceu 82% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra 83% de aproveitamento dos rivais.

Mesmo com a queda dos campeões do US Open, Bruno Soares e Jamie Murray somaram pontos importantes em Xangai, o que elevará o brasileiro ao posto de número dois do mundo na próxima segunda-feira, após atualização dos rankings da ATP. Esta é a maior colocação já alcançada pelo mineiro, que segue na briga pelo posto de número um do mundo nas próximas semanas.

Os algozes de Soares Murray encaram na semifinal os croatas Marin Cilic e Mate Pavic, que a forte parceria do uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol Marcel Granolles por 7/6 (5) 6/3.