Bruno Soares e Jamie Murray no US Open

USTA

Tênis News
10/09/2016
15:25
Nova York (Estados Unidos)

A parceria formada pelo mineiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray conquistou seu segundo título de Grand Slam ao superar os espanhóis Pablo Carreno Busta e Guillermo Garcia Lopez na grande final do US Open. Este foi o terceiro título de Soares em Nova York.

Campeões do Australian Open em janeiro deste ano, Soares e Murray entraram em quadra com favoritismo diante dos espanhóis, que disputavam juntos seu terceiro torneio e até então sem conseguir uma vitória e após 1h18 de partida com o placar 6/2 6/3 tendo convertido três aces contra nenhum dos espanhóis, que cometeram 21 erros não-forçados contra 11 da parceria do mineiro, que venceram 27 bolas vencedoras contra 17 de Garcia-Lopez/Carreno.

Soares ultrapassou o amigo Marcelo Melo em número de títulos do Grand Slam, já que Melo é dono do troféu em Roland Garros 2015. No geral de títulos, o mineiro chegou ao seu 23º título profissional de duplas. O brasileiro ainda tem três títulos de duplas mistas, dois deles no US Open, 2012 ao lado da russa Ekaterina Makarova, e 2014 ao lado da indiana Sania Mirza, além do Australian Open esse ano ao lado da russa Elena Vesnina.

Vice-campeão do US open 2014 ao lado de Alexander Peya, Bruno tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar o título masculino do US Open. Jamie Murray, por sua vez, é o primeiro britânico a conquistar o título do US Open em 44 anos, o último foi Roger Taylor em 1972.

Soares/Murray é a primeiro dupla a vencer dois títulos do Grand Slam em uma mesma temporada desde 2013, quando os irmãos Bob e Mike Bryan venceram o Australian Open e Roland Garros.

O jogo

O jogo começou com a parceria do brasileiro sendo quebrada no saque de Murray, mas pressionando na sequência e devolvendo a quebra. O jogo seguiu com as duas duplas confirmando seus games sacando taticamente.

O escocês, aparentemente com torcicolo ou algum incômodo específico na região do ombro e pescoço pediu atendimento médico logo após o quinto game. Recuperado, Murray voltou para fechar a rede e conquistar a quebra no sexto game abrindo vantagem. As quebras a favor da parceria do brasileiro foram em saques de Carreno Busta que sentiu a pressão de seu primeira final de Grand Slam e errou muito em toda a partida. Uma nova quebra a favor de Soares/Murray veio no oitavo game fechando a parcial.

Em desvantagem e muito nervoso com os próprios erros, Carreno Busta foi quebrado no segundo set ao ficar duas vezes na rede e viu a parceria do brasileiro abrir 3/0. Garcia-Lopez, identificando as falhas do parceiro, tentava o motivar ao mesmo tempo em que tentava pressionar, chegou a ter breakpoint a favor no terceiro game, perdeu, confirmou o saque na sequência e tentou pressionar. Sacando para se manter no jogo, arriscou e foi quebrado no oitavo game vendo Soares/Murray se sagrarem campeões.