Maria Sharapova

Reprodução/Instagram

TÊNIS NEWS
29/03/2017
18:57
Califórnia, Estados Unidos

Maria Sharapova já está na contagem regressiva final para seu retorno ás quadras, e recentemente conversou com o site tennis.com sobre os resultados da sanção em sua vida e tudo o que passou desde o momento da punição até seu retorno.

A russa voltou a querer mostrar sua inocência, integridade e amor pelo tênis como principal motivo para seu retorno. “Quando você ama o que faz, e faz com paixão e integridade, então compreende o que representa para você. Por isso lutei tão duro para voltar”.

Para Sharapova, a injustiça sentida através da suspensão a fez querer terminar as coisas por vontade própria. “Qualquer um quer terminar sua carreira ou capítulo de sua vida em seus próprios termos, com sua própria voz. E sentir que minha carreira estaria acabando por decisão de outra pessoa foi muito difícil para mim. Por isso lutei tão duro para estar de volta. Você só se dá conta de quanto ama algo, do quanto aquilo é importante para você, quando perde por algum tempo, ou para sempre”.

Focada na reta final de seu retorno às quadras, Maria afirma que não competir durante tanto tempo a fez perder certas habilidades. “No tênis, você perde uma grande parte da sua coordenação quando deixa de competir. Os treinos nunca são tão intensos nesse quesito como as partidas. A sensação difere muito de um para o outro”.

Por último, Sharapova quer contestar, à sua maneira, as vozes do circuito que tem criticado seu doping e seu retorno. “Não sei se há muito o que eu possa fazer neste aspecto. Creio que o que eu posso controlar, e o que posso fazer, é ir lá e jogar, coordenar minha carreira e minha postura da melhor forma possível. Isso é muito maior que qualquer coisa que eu possa dizer. As ações falam mais por você do que suas palavras”.