Serena Williams

Serena Williams (Crédito: BNP Paribas Open)

TÊNIS NEWS
02/06/2016
14:47
PARIS (FRA)

A americana Serena Williams, líder no ranking da WTA, teve muitas dificuldades, mas passou pela cazaque Yulia Putintseva, 60ª, por 5/7, 6/4 e 6/1, em 2h09min, e está na semifinal de Roland Garros, torneio do qual é tricampeã e defende o título de 2015.

O jogo foi interrompido por dez minutos quando o placar marcava 1/1 no primeiro set. Na volta, Serena não soube lidar com a estratégia de Putintseva, que disparava bolas de consistência do fundo da quadra, buscando pôr quiques altos e profundos nas mesmas. Ela perdeu o saque no terceiro game, recuperou a quebra no 3/2, mas cedeu novo break em 5/5, após fazer 40/0. Yulia não perdeu a oportunidade de ouro e fechou em 46 minutos, tirando primeiro set da estadunidense no torneio.

Um número evidenciou o que foi a primeira etapa: sem paciência, a americana deu 24 erros não forçados para a rival, que fez 35 pontos no set inteiro. Uma marca simplesmente inaceitável.

A segunda parcial começou da mesma forma. A 60ª colocada quebrou Williams logo no primeiro game. Ela, porém, bobeou no segundo game, quando, depois de abrir 40/15 em seu saque, errou duas esquerdas e colocou a número 1 de volta no jogo. Eventualmente, a quebra veio.

A partir daí, a melhor do mundo começou a dar uma aula de tênis. Humilde, reconheceu que o caminho mais provável, caso o jogo continuasse daquela forma, seria a derrota. Então, ela decidiu entrar no jogo de Putintseva e trocar bolas altas com a tenista do Leste Europeu, até a adversária perder confiança.

Assim, a favorita começou a errar menos e levar mais dificuldade à oponente. A multicampeã de Slams quebrou novamente o saque de Yulia no quarto game e logo tinah 4/2.

No entanto, sua concorrente conseguiu superar os problemas, fez seu primeiro game depois de quatro perdidos e pressionou Serena no 4/2. Numa dupla falta, o jogo estava novamente sem breaks.

No game seguinte, a atual campeã teve 0/40, não aproveitou e o set voltava à igualdade. Para piorar, no nono game, Putintseva alcançou 15/40, mas errou duas esquerdas e deixou a quebra escapar. Ao confirmar o 5/4, a americana levantou as mãos aos céus.

Yulia não podia vacilar, mas não conseguiu alongar a parcial. Errando uma direita fácil no 15/30, ela não aguentou o backhand de Serena no ponto seguinte e entregou o game e o primoroso set que jogara até então numa dupla falta, depois de lutar por 51 minutos.

Daí pra frente, Serena deslanchou. A número um percebeu que a cazaque já não tinha a mesma confiança, apesar de lutar muito, e usou tanto a paciência na troca de bolas quanto a agressividade quanto a bola da concorrente permitia. Quebrando o saque de Putitseva duas vezes, a americana abriu 5/0. No fim, a rival ainda fez seu game de honra numa linda curtinha e salvou 40/0 no 5/1, mas a vitória seria mesmo de Serena Williams, que vai com tudo em busca do tetracampeonato na terra sagrada de Paris.

Amanhã, ela enfrentará a holandesa Kiki Bertens, 58ª, outra surpresa do torneio, que passou pela suíça Timea Backzinszky, 8ª favorita, por 7/5 e 6/2, e chegou à sua primeira semifinal de Grand Slam.