Serena Williams

Divulgação

Tênis News
14/07/2017
18:16
Miami (Estados Unidos)

Grávida de sete meses, a ex-número um do mundo e dona de 23 títulos do Grand Slam, Serena Williams, concedeu entrevista ao vivo a ESPN norte-americana onde comentou a atitude de Andy Murray, na última quarta-feira, em corrigir um jornalista.

Na ocasião, ao ouvi do jornalista que seu algoz, Sam Querrey, era o primeiro norte-americano a alcançar semifinal em um Grand Slam, o escocês corrigiu a informação para "jogador do masculino", em uma clara referência a Serena Williams, Sloane Stephens, CoCo Vandeweghe e Venus Williams.

"Eu não acredito que exista uma atleta que não apoie totalmente Andy Murray. Ele falou publicamente sobre a questão das mulheres e seus direitos, especialmente no tênis, desde sempre. Ele fez isso de novo. Isso é o que ele é e por isso nós o amamos. Ele tem uma mãe tão maravilhosa, que tem sido uma figura tão forte em sua vida, e ele fez tanto por nós no circuito. Nós amamos Andy Murray", declarou sorrindo.

Ainda no mesmo programa, Serena comentou os treinamentos que tem feito, mesmo grávida, ao menos uma vez por semana, pois deseja volta ao circuito já em 2018.