Novak Djokovic

Divulgação

Tênis News
18/04/2017
17:00
Monte Carlo (Mônaco)

O vice-líder do ranking da ATP, o sérvio Novak Djokovic, passou um sufoco em sua estreia no Masters 1000 de Monte Carlo contra o francês Gilles Simon, que chegou a sacar para a partida, mas saiu satisfeito com sua performance em retorno de lesão.

Djokovic alisou para os jornalistas, que teve o controle da partida até o 2/1 do segundo set: "Não joguei o suficiente para ter o controle. Na sequência cometi uns erros. Ele encontrou algumas bolas nas laterais e não pude jogar como nos primeiros 40 minutos. Passei a arriscar e chegamos no terceiro set. Ali foi diferente. Isso [o jogo] me dá impulso e grande confiança para o resto da competição".

O sérvio destacou que não apresentou o tênis que desejava, "ele [Simon] te obriga a jogar mal". Para Nole, o jogo te ajudará mentalmente, além disso, jogar por mais de duas horas ajuda a "desenferrujar" o corpo dele, que está sem competição oficial desde o inicio de março.

Ao ser questionado por um jornalista qual o jogador que ele teme enfrentar no torneio, Djokovic foi sucinto: "Não temo ninguém".