Rogerinho

(Foto: Vipcomm)

LANCE!
27/06/2016
11:11

Em sua estreia na chave de Wimbleodn, o paulistano Rogerio Dutra Silva, o Rogerinho, 84º do ranking da ATP e número dois do Brasil, surpreendeu e levou às cordas e ao quinto set o espanhol Nicolas Almagro, 46º, que acabou superando o brasileiro.

Almagro precisou de 3h05 para fechar a partida em 6/3 7/6 (6) 5/7 4/6 6/3 tendo convertido 14 aces contra 11 do brasileiro, que cometeu 45 erros não-forçados contra 61 do espanhol, que disparou 53 bolas vencedoras contra 52 do paulistano.

Garantido na segunda rodada, o espanhol aguarda pelo vencedor da partida entre o sul-africano Kevin Anderson, 20º cabeça de chave, e o uzbeque Denis Istomin.


O jogo
A partida começou com dois belos e disputados games de saque dando a tônica da partida em saques forçados e táticas que variavam entre entrar em quadra e definir na rede com trabalhar bolas agressivas altas na linha de base.

A tática adotada pelos dois tenistas, deu mais resultados a Almagro que conquistou a quebra de saque no terceiro game e administrou a vantagem conquistando nova quebra no nono e fechando a primeira etapa.

A segunda etapa trouxe um pouco mais de agressividade para os dois tenistas apesar da mesma tática. Em games de pontos mais longos e muito disputados, a partida foi parelha e se encaminhou para o tiebreak.

No tiebreak, Rogerinho abriu com mini-quebra de vantagem, cometeu dois erros de forehand em sequência no sexto e oitavo ponto vendo o espanhol devolver o mini-break e ficar em vantagem, que se encerrou no ponto seguinte em erro no forehand de Almagro, que salvou um setpoint e sendo agressivo na devolução de saque viu o brasileiro errar e após 51 minutos de luta na segunda etapa fechou a parcial.

No terceiro set, a partida seguiu com os dois tenistas tentando se pressionar e forçando saques abertos na tentativa de deslocar o adversário. Com pontos mais curtos que no set anterior, o jogo caminhou duro e mais rápido. Tudo indicava um novo tiebreak, quando o brasileiro pressionou na devolução de saque, movimentou o espanhol e no décimo segundo game converteu suas primeira chance de quebra na partida e forçou o quarto set.

Ali, o jogo seguiu duro e disputado. Com os dois tenistas pressionando na devolução e tentando movimentar o adversário na linha de base. A quebra veio para o brasileiro no oitavo game, após acelerar na devolução e arriscar com forehand. Sacando para o jogo, foi firme e levou a disputa para o set final.

Antes do inicio da quinta parcial, Almagro mostrou-se irritado, gritou, atirou a raquete no chão e foi advertido pelo árbitro.

Com raiva, o espanhol soltou o braço em seu game de saque, venceu de zero rapidamente e conquistou a quebra de saque na sequência sendo agressivo nas devoluções. Com 3/0 no placar, Almagro passou a ser pressionado, mas foi resistindo e voltou a quebrar o saque do brasileiro no sexto game. Sacando para a partida, parou na agressividade do brasileiro nas devoluções, que devolveu uma das quebras, ensaiou uma reação, mas ficou nisso.