TÊNIS NEWS
14/02/2016
16:06
RIO DE JANEIRO

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, segundo melhor tenista do Brasil e 113º na lista da ATP, não superou Gastão Elias, de Portugal, 142º, e parou na última rodada do quali do Rio Open, o ATP 500 carioca, disputado em piso de saibro.

O placar foi de 1/6, 7/5 e 6/2, em jogo de 2h13, sob o forte calor da capital carioca. Esta foi a quarta vitória de Gastão no confronto contra Dutra Silva, que tem duas. Elias qualificou-se para a chave de um ATP 500 pela primeira vez desde outubro de 2014, quando entrara no ATP da Basileia, na Suíça.

O primeiro set não poderia ter sido melhor para Rogerinho. Ele quebrou o português logo no primeiro game do jogo e, apesar de entregar um saque, venceu todos os games de serviço do adversário, fechando com um fácil 6/1, rapidamente.

A segunda etapa foi dura, com Silva piorando no saque e Elias melhorando bastante no mesmo quesito. Com cada um cedendo uma quebra, o brasileiro deixou escapar o serviço novamente no décimo primeiro game, quando o placar marcava 5/5, e Gastão não desperdiçou a oportunidade de fechar: 7/5.

Uma pausa para os jogadores irem ao vestiário e saírem um pouco do calor escaldante da Cidade Maravilhosa. Na volta, o português estava mais inteiro. Rogerinho lutou bastante, como sempre, mas foi quebrado três vezes, enquanto recuperou apenas uma, e não conseguiu uma vaga na chave principal do maior torneio de tênis da América do Sul.