Rogério Dutra Silva

Rogério Dutra Silva (Crédito: André Valle)

TÊNIS NEWS
23/06/2016
12:26
MILÃO (ITA)

Não deu para o paulista Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, 84º no ranking da ATP e principal favorito ao título do Challenger de Milão, jogado sobre o saibro e que distribui 42,5 mil euros em prêmios. Na manhã desta quinta, ele foi eliminado de virada pelo belga Arthur De Greef, 189º colocado, com o placar de 6/7(3), 6/2 e 6/3, em 2h18min.

O primeiro set teve um aproveitamento mediano de saque por parte de Greef e bons números de Dutra Silva no primeiro serviço, mas baixo rendimento no segundo. Com duas quebras para cada lado, o brasileiro se destacou no tiebreak e fez 7/3.

Na segunda etapa, Arthur elevou suas estatísticas no saque e Rogerinho as baixou. O resultado foi três quebras para o europeu, enquanto o tenista mais cotado ao título obteve apenas uma.

A terceira parcial foi a mais bem jogada pelos concorrentes à uma vaga entre os quatro melhores na “capital da moda”. Infelizmente para o brasileiro, ele não conseguiu segurar seu serviço. Com o oponente servindo em 5/3, Rogerinho abriu 15/40, teve outro break point na vantagem, mas desperdiçou todas as chances e saiu de quadra eliminado.

Agora, Rogério vai à Londres jogar pela segunda vez a chave principal de Wimbledon, o Grand Slam da grama - em 2013, caiu em três sets para Sergiy Stakhovsky, que depois eliminaria Roger Federer. Depois, ele volta para o Brasil, onde ocorrerá, entre 15 e 17 de julho, o confronto Brasil x Equador, valendo uma vaga nos playoffs do Grupo Mundial. O duelo será disputado no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte.