Raonic

Raonic (Foto: MARWAN NAAMANI/AFP)

TÊNIS NEWS
10/01/2016
09:09
BRISBANE (AUS)

O canadense Milos Raonic surpreendeu o favorito Roger Federer com um duplo 6/4, vingou-se pela derrota na final de 2015 e faturou o título do ATP 250 de Brisbane, Austrália, jogado em piso duro. Este foi o oitavo título de Raonic na carreira. Federer tem 88.

O jogo começou com dois jogadores muito agressivos e dominantes em seus saques. Longas trocas de bola eram raras. Raonic, antigo pupilo de Ivan Ljubicic, que teve em Brisbane seu primeiro torneio como técnico de Roger Federer, buscava dominar e encurtar os pontos, fugindo para bater com a direita e ir à rede. Federer jogava apático, cometendo muitos erros bobos e algumas vezes se mexendo pouco em quadra. No quinto game, veio a primeira ameaça a um serviço no jogo, e foi Raonic quem quase quebrou o suíço. Com dois bons saques, Federer conseguiu sair da dificuldade. O jogo seguiu com os dois jogadores confirmando os saques com relativa tranquilidade até o nono game. Ali, Raonic foi para cima, pressionou e contou com uma dupla falta e um erro não forçado do suíço para ter a chance de vencer o set em seu saque. O canadense aproveitou a oportunidade, sacou muito bem e garantiu a primeira parcial.

O segundo set começou e com ele ficou exposta a irritação de Federer com sua performance até aquele momento. Quando Raonic sacava no segundo game, por duas vezes o suíço se queixou fortemente sobre seu desempenho e os erros não forçados cada vez mais numerosos. O saque, no entanto, mantinha-o no jogo. O suíço teve a primeira oportunidade de quebra apenas no quarto game do segundo set, quando Raonic cometeu três duplas faltas após voltar de atendimento médico no vestiário. Federer, porém, cometeu mais erros e Raonic conseguiu sair da encrenca. No sétimo game, após fazer 30/0, o suíço viu Raonic jogar bem, empatar o game e chegar ao break point, após mais um erro não forçado de Federer em uma direita facílima. O gigante canadense mais uma vez dominou o ponto com agressividade e quebrou o saque de Federer, fazendo 4x3 aproximando-se da vitória. O canadense sacou muito bem duas vezes; no último game, Federer até esboçou uma reação quando conseguiu 15x30, mas Raonic virou o game com seu saque e escreveu seu nome na taça de 2016, vingando-se a derrota no ano passado.

Agora, os dois jogadores têm uma semana para treinar e se prepararem para o Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, que começa no dia 18 de janeiro.