Paula Gonçalves (Foto: Cristiano Andujar)

Paula Gonçalves (Foto: Cristiano Andujar)

TÊNIS NEWS
16/04/2016
17:32
BOGOTÁ (COL)

A brasileira Paula Cristina Gonçalves, 238ª no ranking da WTA, não resistiu à espanhola Silvia Soler-Espinoza, 170ª, e caiu na semifinal do WTA de Bogotá, na Colômbia, torneio da série Internacional que é jogado sobre o saibro, distribuindo US$250 mil.

Foi a melhor campanha da paulista em torneios WTA na carreira. Há dois meses atrás, ela fez quartas no Rio Open, que até então fora seu ápice. Com o resultado, ela se garante entre as 180 melhores do ranking feminino da próxima segunda feira, sua melhor colocação.

O JOGO
No primeiro set, um jogo equilibrado. A espanhola sacou um pouco melhor e aproveitou a única chance de quebra que teve, enquanto Gonçalves não concretizou sua oportunidade solitária.

A segunda etapa teve Soler quebrando Paula, parecendo que administraria até a vitória. No entanto, a brasileira mostrou muito raça, conseguiu uma chance de quebra recebendo em 3/4 e não desperdiçou. Sendo quebrada mais uma vez no décimo game, em 5/5, não deixou Espinosa fechar a partida.

No tiebreak, então, a paulista conseguiu dois minibreaks, com a oponente sacando em 0/1 e 1/4. Apesar de ceder uma das miniquebras sacando em 5/2, conseguiu outra e fechou a parcial num erro de direita não forçado da espanhola. 7/4.

A terceira etapa começou com os saques sendo confirmados. Sacando em 2/3, entretando, Paula enfrentou dois break points, caindo no segundo. Rapidamente, Soler tinha 5/2. Com a brasileira já demonstrando cansaço e bastante frustração, a 170ª da WTA tomou o saque mais uma vez, fechando a partida em 2h28min.