Tenis - Del Potro (Foto:AFP)

Tenis - Del Potro (Foto:AFP)

Tênis News
27/12/2016
17:52
Buenos Aires (Argentina)

Daniel Orsanic, capitão da vencedora equipe argentina que conquistou o primeiro título de Copa Davis para o país, defendeu sua principal estrela Juan Martín Del Potro e pediu respeito para as decisões que o medalhista de prata tomar.

"O que Juan Martín e os demais jogadores deram ao tênis argentino é o maior prêmio que existe. Se há alguém que pense em criticá-lo porque não joga uma disputa, não sabe de muita coisa. Há que ter muito cuidado com exaltar-se porque não estaria em uma das fases ao invés de agradecer tudo o que nos deu", declarou o capitão ao jornal argentino La Nación.

Orsanic, que trabalou com o número um do Brasil Thomaz Bellucci, antes de comandar a equipe argentina, declarou que a decisão de não disputar o Australian Open de Delpo mostra que o foco do jogador é estar bem preparado. "O que ele deu ao país com a equipe é muito maior do que se pode pedir. Se está para jogar bem, se não, ótimo também. Não é um drama. Repito: o que conquistou com os demais jogadores é incrível. Todo fã de tênis deve estar agradecido e deve respeitar as decisões que ele tomar. De minha parte, a única palavra que tenho é 'obrigado'", pontuou.