Maria Esther Bueno

Maria Esther Bueno falou dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro (FOTO: Divulgação)

Carlos Antunes e Jonas Moura
16/02/2016
15:01
Rio de Janeiro (RJ)

Dona de 19 títulos de Grand Slam, Maria Esther Bueno também marcou presença no Aberto do Rio. A ex-tenista participou de uma coletiva de imprensa, na qual foi anunciada a embaixadora da Pirelli no Brasil. Em evento conduzido pelo comentarista de Fórmula 1, Reginaldo Leme, Maria relembrou os tempos de glória no esporte e comemorou os 50 anos do último título de Grand Slam, no US Open, que completa nesta ano.

- Não foi fácil chegar onde cheguei. É uma vida de sacrifício, dedicação e ousadia. Tomar decisões rápidas e encarar projetos, situações assustadoras. Assim você vai se tornando uma pessoa melhor. Minha ligação com a Pireli vem de anos, em 58 joguei o Aberto da Itália, em Roma, pela primeira vez, importantíssimo, jogávamos com bola Pirelli. Mas a gente reclamava muito da bola, era mais ou menos (risos) Foi inesquecível. O jogo era bem diferente. Era saque e voleio - afirmou a ex-tenista.

Como 2016 é um ano olímpico, o tema Olimpíadas também não passou batido. A ex-atleta demonstrou confiança na dupla brasileira Marcelo Melo e Bruno Soares, para eles conquistarem a medalha de ouro.

- Acho que nossa maior chance é mesmo nas duplas, com Marcelo e Bruno, vêm jogando muito bem. A chance é muito grande, mas mesmo assim é um esporte de muitas surpresas. Nossa Olimpíada será espetacular - disse.

Além de Maria Esther Bueno, a italiana Flavia Penetta também estava na coletiva, por ser outra embaixadora da marca. Sobre a europeia, que se aposentou em 2015, após conquistar o US Open, a brasileira revelou a admiração pelo seu estilo de jogo e aprovou sua retirada das quadras.

- Foi uma final fantástica a dela, um jogo super bonito, sem toda aquela potência do tênis atual. Um jogo clássico, de cabeça, que agradou em cheio. O público americano é muito exigente, mas ficaram satisfeitos. Você teve a coragem de se aposentar por cima. Foi fantástico e por pouco não aposentou a Serena também (risos). Aqui no Brasil ficamos muito felizes.