Kei Nishikori

Kei Nishikori em Indian Wells. Crédito: Reprodução Tennis TV

TÊNIS NEWS
01/04/2016
21:54
Miami (EUA)

Depois de salvar cinco match-points contra Gael Monfils, Kei Nishikori, sexto do ranking, entrou embalado na noite desta sexta-feira e se classificou para a decisão do Masters 1000 de Miami, na Flórida, torneio sobre o piso duro.

O japonês, que treina lá perto, em Bradenton, derrotou o novato em semis de Masters 1000, o australiano Nick Kyrgios, 26º colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 7/5 após 1h23min.

Nishikori venceu o rival pela segunda vez em duas partidas e agora vai jogar sua segunda final de Masters 1000 onde buscará o primeiro título - perdeu para Rafael Nadal em Madri 2014. Para alcançar o feito terá que passar pelo número 1 do ranking que não perde há 15 partidas em Miami e buscará igualar o recorde do americano Andre Agassi com seis conquistas no evento - Djoko bateu David Goffin por 7/6 (7/5) 6/4.

São oito jogos entre os dois e seis triunfos do sérvio que levou a melhor nas cinco últimas. Nishikori ganhou pela última vez na semi do US Open de 2014 o qual acabou vice-campeão.

O jogo

Kyrgios começou mal, dando dupla-falta e perdendo sua maior arma de cara, o saque. Nishikori foi firme a parcial toda, não deu brechas e quebrou novamente no fim com nova dupla-falta do australiano por 6/3 em rápidos 29 minutos.

Na segunda etapa o Samurai largou quebrando, fez 2/0, mas Nick voktou pro jogo, igualou em games duros, vibrou e equilibrou as ações. O duelo ficou saque a saque até no fim Kyrgios dar dupla-falta, permitir match-point, arriscar tudo no segundo serviço salvando com boa direita. Na segunda chance não teve jeito, bons voleios e o japonês liquidou a fatura por 7/5.