Rafael Nadal

Rafael Nadal em Roland Garros: Crédito: Divulgação torneio

Tênis News
14/06/2016
11:41
Madri (Espanha)

Em entrevista a rádio espanhola Onda Cero, o tio e treinador de Rafael Nadal, Toni Nadal, falou da decepção de desistir, mais uma vez, de disputar Wimbledon em virtude de uma lesão e contou que a prioridade é a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Rafael Nadal está com uma lesão no pulso, que o obrigou a desistir da disputa em Roland Garros, e segundo o treinador não teria tempo suficiente para se recuperar por completo para a disputa do Slam londrino.

"Sabíamos que tínhamos poucas possibilidades e depois priorizamos não colocar em risco o que viria depois. Claramente os Jogos Olímpicos é o primordial depois da decepção do que aconteceu em Londres (Jogos Olímpicos de 2012). Sabíamos que ia ser aperta e que para estar em condições de jogar em Wimbledon os prazos não eram os indicados. Rafa se sentiu muito mal de não jogar os Jogos (Londres 2012) e não queríamos que isso acontecesse novamente", declarou o treinador.

Toni disse ainda que Rafa está bem psicologicamente, apesar da tristeza de não poder competir em Roland Garros, "onde tinha muitas esperanças", e wimbledon, mas "no final você entende e tem que aceitar", declarou o treinador.

A equipe da Onda Cero questionou o tio do eneacampeão de Roland Garros sobre como vê a ameaça do Zika vírus e demonstrou-se muito tranquilo: "Nós já competimos no ATP de Rio (Rio Open) e a sensação era de tranquilidade ali. Cada um tem sua visão e razões sobre as coisas, mas em nosso caso não tivemos preocupação alguma do que poderia acontecer", pontuou.

Questionado sobre o que pensa das pessoas dando o sobrinho como um tenista acabado, Toni Nadal declarou que "tanto faz", pois para eles "não faz a menor diferença".