Rafael Nadal (Foto:AFP / GLYN KIRK)

Rafael Nadal (Foto:AFP / GLYN KIRK)

Tênis News
19/01/2016
08:58
Melbourne (Austrália)

Após ser derrotado em batalha contra Fernando Verdasco, Rafael Nadal, que nunca havia perdido na estreia do Australian Open, se disse insatisfeito com sua atuação e pontuou que apesar de seus vacilos no primeiro set, Verdasco "provavelmente tenha merecido"

Nadal iniciou a coletiva comentando que uma partida de cinco sets não pode ser definida em "apenas no último set", mas destacou que não estava feliz com sua atuação no primeiro set "e no quarto set eu não estava muito mal, mas ele jogou melhor que eu. Tive minhas chances no quarto com 0-30, mas ele jogou bem", declarou.

Rafa resumiu a partida: "Ele jogou melhor que eu. Jogou mais agressivo que eu. Ele correu mais riscos que eu e venceu. Provavelmente ele tenha merecido".

O espanhol comentou que a derrota é difícil, principalmente "por ser diferente do ano passado em que eu cheguei aqui jogando mal e não me sentindo preparado", resumiu Rafa Nadal, que comentou ainda que não há "nada mais a fazer" do que "treinar duro como nos últimos quatro, cinco meses".

Nadal foi questionado se tem sentido que atletas como (Nick) Kyrgios, (Dustin) Brown e (Fabio) Fognini têm jogado de maneira mais agressiva contra ele em Slams e respondeu: "O jogo têm mudado. Todo mundo agora tenta bater todas as bolas. Não há mais bola para você preparar o ponto, não? Todo mundo bate duro e tentar ir para os winners de qualquer posição. O jogo começou a ficar um pouco louco deste aspecto".

Para o espanhol de Manacor, se ele fizer seu jogo os oponentes precisam correr muitos riscos ao serem agressivos e esta é uma vantagem para ele, já que correndo riscos a chance de se obter sucesso é menor porcentualmente.

De acordo com Rafa, não dá para comparar suas derrotas em Slams em 2015 com a desta madrugada, pois "ano passado o problema era outro", destacou e prosseguiu: "Este ano, a verdade é que não estava o suficientemente agressivo com meu forehand durante todo o jogo. Não senti isso. Tentei. Lutei. Estava pronto para isso, e não o fiz. Então estou triste com isso".

Por fim, Rafa disse que o ponto crucial do jogo foi o primeiro set em que Verdasco não estava "tão bem" e ele perdeu oportunidades de tomar a dianteira. "Eu apenas posso felicitá-lo porque ele mereceu, e desejá-lo o melhor para o resto do torneio", finalizou.