icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
21/08/2015
12:15

Rafael Nadal, número oito do mundo, lamentou sua derrota por 5/7 6/4 7/6 (7/3) para o espanhol Feliciano Lopez na noite de quinta-feira nas oitavas de final do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. Ele acredita que jogou muito bem, mas que o 23º colocado foi fantástico.

“Estava lá a partida toda, com a intensidade correta, a atitude correta, fazendo as coisas que deveria fazer, tentando ser mais agressivo, ir pra rede com mais frequência. Foi isso que fiz, mas joguei contra um cara que atuou de forma fantástica. Ele jogou sua melhor partida da vida contra mim, sem dúvida. É uma dura derrota pois jogava melhor e meus sentimentos em quadra eram melhores do que antes", apontou Nadal, campeão do torneio em 2013, e que continua sem títulos em Masters 1000 na temporada.

Rafael Nadal, número oito do mundo, lamentou sua derrota por 5/7 6/4 7/6 (7/3) para o espanhol Feliciano Lopez na noite de quinta-feira nas oitavas de final do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. Ele acredita que jogou muito bem, mas que o 23º colocado foi fantástico.

“Estava lá a partida toda, com a intensidade correta, a atitude correta, fazendo as coisas que deveria fazer, tentando ser mais agressivo, ir pra rede com mais frequência. Foi isso que fiz, mas joguei contra um cara que atuou de forma fantástica. Ele jogou sua melhor partida da vida contra mim, sem dúvida. É uma dura derrota pois jogava melhor e meus sentimentos em quadra eram melhores do que antes", apontou Nadal, campeão do torneio em 2013, e que continua sem títulos em Masters 1000 na temporada.