Rafael Nadal

Divulgação

TÊNIS NEWS
13/11/2017
21:40
Londres (Inglaterra)

Minutos após ser derrotado pelo belga David Goffin por 7/6 (7/5) 6/7 (7/4) 6/4 em 2h37min, Rafael Nadal foi para a coletiva de imprensa e anunciou sua desistência do ATP World Finals, torneio com os oito melhores da temporada, por problemas no joelho.

Visivelmente com dores, ele pouco esperou para o anúncio e ressaltou que "foi um milagre" se manter perto do placar contra Goffin onde salvou quatro match-points no segundo set para levar o jogo ao terceiro set.

"Sabia durante a partida. Foi uma decisão que tomei ao longo do jogo, mesmo se ganhasse, mesmo se perdesse, eu iria desistir", disse: "Não me arrependo de nenhuma decisão, eu decido jogar dependendo de como me sinto. Foi um ano inacreditável, sem drama, o esporte é assim. Eu não conseguia mudar direções ou outras movimentações, não queria terminar o ano assim. Tenho mais dor do que possa administrar, então não fazia sentido seguir jogando".

Segue assim o martírio do espanhol que nunca ganhou o principal torneio de fim de ano. Ele se qualificou em 12 oportunidades e conseguiu jogar sete vezes.

Nadal será substituído pelo espanhol Pablo Carreño, primeiro reserva, que jogará contra o austríaco Dominic Thiem e o búlgaro Grigor Dimitrov e precisará vencer as duas partidas para avançar no torneio.