Andy Murray (Foto: AFP)

Andy Murray (Foto: AFP)

TÊNIS NEWS
16/10/2016
11:06
XANGAI (CHN)

O britânico Andy Murray, segundo colocado do ranking mundial, venceu, na manhã deste domingo, o espanhol Roberto Bautista Agut, 19º, por 7/6(1) e 6/1, em 1h36, e levantou pela terceira vez na carreira o troféu do Masters 1000 de Xangai, na China.

Antes, ele havia conquistado o título em 2010 e 2011. Este foi o 41º título da vitoriosa carreira do escocês, que agora tem 13 troféus de nível Masters 1000. A vitória também fecha com chave de ouro sua gira asiática deste ano, que também incluiu o ATP 500 de Pequim, no mesmo país, na semana passada. O vice-líder do ranking sai do continente invicto e sem perder sets.

Bautista, por sua vez, comemora o melhor resultado da carreira e, também, sua melhor posição no ranking. Na lista a ser divulgada amanhã, ele será o 13º colocado.

O JOGO
Murray teve o controle da partida a todo tempo. Sacando bem, conseguiu a quebra no 2/2, mas não conseguiu fechar o set em 5/4 e precisou ir ao tiebreak. Sem grandes dificuldades, ele fez 7/1.

Depois, o segundo set foi um passeio. O bicampeão olímpico quebrou Bautista em todos os games de saque do espanhol e marcou 6/1, selando seu 13º caneco em Masters 1000.